Pleito municipal

Com 517 mil registros, Brasil bate recorde de inscritos nas eleições 2020

Ao todo, 480,9 mil pessoas querem disputar cadeiras nas Câmaras Municipais

Sarah Teófilo
postado em 26/09/2020 19:57 / atualizado em 27/09/2020 00:08
 (crédito: Marcello Casal JrAgência Brasil)
(crédito: Marcello Casal JrAgência Brasil)

O Brasil bateu recorde de candidatos inscritos nas eleições municipais deste ano: ao todo, foram 517.786 nomes que querem disputar uma cadeira de prefeito, vice-prefeito ou vereador. Os nomes para vereador representam a maior parte desta quantia, com 480,9 mil pedidos de registros. Já prefeitos, são 18.416 e para o cargo de vice-prefeito são 18.436 nomes. 

O registro se encerrou nesta sábado (26/9), às 19 horas. Os nomes ainda serão analisados pelo juízo eleitoral - então, não significa que todos serão lançados. Nas eleições de 2016, o número de inscrições foi 503,2 mil. 

O principal motivo do aumento é o fim das coligações para as eleições proporcionais, algo decidido pelo Congresso Nacional em 2017. Assim, esta é a primeira eleição municipal com a mudança aprovada por meio da reforma eleitoral. Com a alteração, um candidato que queira disputar como vereador, só pode participar do pleito na chapa única do partido ao qual ele é filiado. Antes, uma chapa tinha candidatos de partidos distintos. 

Assim, as legendas estão lançando mais candidatos com o intuito de obter votos o suficiente para conseguir cadeiras nas Câmaras Municipais. Isso porque, na eleição proporcional, as vagas são do partido, e não do candidato. Assim, no momento do voto, o eleitor está escolhendo um integrante daquela legenda. O cálculo de quem vai ocupar a cadeira é feito em cima do quociente eleitoral, que informará quantos votos uma determinada legenda precisa para ter uma vaga.

Os comentários não representam a opinião do jornal e são de responsabilidade do autor. As mensagens estão sujeitas a moderação prévia antes da publicação