OBITUÁRIO

Senador Arolde de Oliveira morre vítima de complicações da covid-19

Parlamentar do PSD, de 83 anos, estava internado em um hospital na Zona Sul do Rio de Janeiro desde setembro; equipe e familiares agradecem as manifestações de carinho e orações durante período

Maíra Alves
postado em 21/10/2020 21:55 / atualizado em 21/10/2020 21:57
 (crédito: Jefferson Rudy/Agência Senado)
(crédito: Jefferson Rudy/Agência Senado)

O senador Arolde de Oliveira (PSD-RJ), de 83 anos, morreu, na noite desta quarta-feira (21/10), vítima de complicações da covid-19. O parlamentar estava internado por causa do vírus no Hospital Samaritano, na Zona Sul do Rio de Janeiro, desde 11 de setembro.

Por meio de uma publicação no Facebook, a assessoria de imprensa de Oliveira confirmou a morte do político em decorrência da falência múltipla dos órgãos, após sofrer complicações pelo novo coronavírus.

Na postagem, a equipe agradece, ainda, todas as manifestações de carinho e orações recebidas desde o dia da internação do parlamentar.

“Preciosa é à vista do Senhor a morte dos seus santos.” (Salmos 116:15) Comunicamos que nesta noite (dia 21 de outubro)...

Publicado por Arolde de Oliveira em Quarta-feira, 21 de outubro de 2020


‘Precaução’

Em setembro, ao ser hospitalizado, a assessoria do senador informou que ele "estava bem" e que teria sido internado por "precaução".

À época, a família de Oliveira pediu para que os apoiadores orassem pela sua recuperação.

Política

Antes de ser eleito senador pelo estado do Rio de Janeiro, Arolde de Oliveira foi deputado federal por nove mandatos. 

Engenheiro e economista, em seu primeiro mandato no Senado, Oliveira era titular das comissões de Constituição e Justiça (CCJ), Ciência e Tecnologia (CCT) e Direitos Humanos (CDH).

Os comentários não representam a opinião do jornal e são de responsabilidade do autor. As mensagens estão sujeitas a moderação prévia antes da publicação