PODER

Bolsonaro: "FAs prontas para garantir liberdade"

Em cerimônia do Dia do Aviador e da FAB, presidente diz que Forças Armadas zelam pela defesa da pátria. Chefe do Executivo apresenta caça comprado da Suécia

AUGUSTO FERNANDES - INGRID SOARES
postado em 24/10/2020 00:25

O presidente Jair Bolsonaro participou, ontem, das celebrações do Dia do Aviador e da Força Aérea Brasileira, na Base Aérea de Brasília, em uma cerimônia que marcou a apresentação da primeira unidade do novo caça da Aeronáutica, o F-39 Gripen, aeronave produzida pela empresa sueca Saab e que terá a tecnologia transferida para o Brasil.

O F-39 Gripen deve entrar em operação no fim de 2021. Serão fabricados, pelo menos, mais 35 modelos da aeronave em solo brasileiro. De acordo com o governo, os caças serão usados para a proteção do país e realizarão missões de controle e reconhecimento do espaço aéreo, além de operações de ataque.

Bolsonaro disse que “2020 será um ano marcante na vida da Força Aérea Brasileira”. “Fomos capazes de colocar no ar dois vetores que podem transformar, de forma irreversível, nossa operacionalidade, nossa capacidade logística e de afirmar nossa superioridade nos 22 milhões de quilômetros quadrados de espaço aéreo, indispensáveis à nossa soberania”, afirmou.

Ele comentou a importância das FAs. “Quando tudo se diz parecer incerto, lembre-se das Forças Armadas. Como bem diz a história, elas sempre estarão prontas para defender a pátria e para garantir a nossa liberdade”, frisou o presidente, que também homenageou Alberto Santos Dumont, pai da aviação, pelos 114 anos do primeiro voo do 14 Bis.

Na cerimônia, os ministros da Infraestrutura, Tarcísio Freitas, e do Desenvolvimento Regional, Rogério Marinho, foram condecorados com a medalha da Ordem de Mérito Aeronáutico, a mais importante honraria da Força Aérea. Ela é concedida a personalidades civis e militares, brasileiras ou estrangeiras, por terem se destacado no exercício da sua profissão ou em reconhecimento aos serviços prestados ao país.

Tags

Os comentários não representam a opinião do jornal e são de responsabilidade do autor. As mensagens estão sujeitas a moderação prévia antes da publicação