PANDEMIA

Bolsonaro: covid-19 pode ser fruto de "guerra nuclear bacteriológica"

Ainda segundo o presidente, o novo coronavírus teria "escapado" de laboratório

Augusto Fernandes
postado em 29/10/2020 16:03
 (crédito: Clauber Cleber Caetano/PR)
(crédito: Clauber Cleber Caetano/PR)

O presidente Jair Bolsonaro disse, na noite de quarta-feira (28/10), que a pandemia da covid-19 pode ter sido resultado de uma "guerra nuclear bacteriológica" entre os países. De acordo com o mandatário, o novo coronavírus teria sido produzido dentro de um laboratório e "escapado".

Os comentários do presidente foram durante uma conversa com apoiadores, em frente ao Palácio da Alvorada. A fala dele aconteceu depois de um homem perguntar se ele achava que a pandemia foi criada de forma estratégica para derrubar a economia dos países.

“Eu não posso falar isso. Isso existe, os países se preparam para guerras, até com bombas. Aí tem a guerra nuclear, bacteriológica. Pessoal mexe com vírus em laboratório, pode ter escapado isso aí”, afirmou Bolsonaro.

Após a resposta, o mesmo apoiador fez outro questionamento ao presidente, desta vez sobre o conceito da teoria conspiratória que fala de uma nova ordem mundial. Como resposta, Bolsonaro chegou a dizer que “isso daí existe, lógico”, mas cessou a resposta. "Eu não quero entrar em detalhes aqui. Se não tivesse ninguém gravando aqui eu falaria, mas como estão gravando, eu vou evitar."

Os comentários não representam a opinião do jornal e são de responsabilidade do autor. As mensagens estão sujeitas a moderação prévia antes da publicação