Eleições

Kalil é reeleito prefeito de Belo Horizonte no primeiro turno

Representante do PSD superou 14 concorrentes; ele vai para o segundo mandato

Guilherme Peixoto - Estado de Minas
postado em 15/11/2020 23:01
 (crédito: Divulgação/PSD MG)
(crédito: Divulgação/PSD MG)

Alexandre Kalil (PSD) foi reeleito, neste domingo, prefeito de Belo Horizonte. Com 84% das urnas apuradas, ele soma 63,5% dos votos válidos e, assim, não pode mais ser alcançado pelos adversários. O segundo colocado, Bruno Engler (PRTB), tem 9,89%.

Em terceiro lugar, com 9,25%, está João Vítor Xavier (Cidadania). Depois, vem Áurea Carolina, do Psol, que possui 8,31%. Os percentuais obtidos por cada candidato serão atualizados quando a apuração for concluída. (A classificação completa será incluida neste texto ao fim da apuração).

O novo vice-prefeito de Belo Horizonte é Fuad Noman, também do PSD. Ele substituirá Paulo Lamac, da Rede Sustentabilidade. Além dos dois partidos, a coligação liderada por Kalil, chamada “Coragem e Trabalho”, contou com os apoios de MDB, PP, PV, DC, Avante e PDT. A chapa assume no primeiro dia de janeiro do próximo ano.

Quem é Alexandre Kalil?

Kalil, de 61 anos, é empresário e ex-dirigente do Atlético. Em 2016, quando foi eleito prefeito de BH, disputou sua primeira eleição. À época, concorreu pelo extinto PHS. Permaneceu parte do mandato sem partido, mas se filiou ao PSD. Embora tenha feito carreira na construção civil, abandonou a graduação em engenharia para cuidar da Erkal, empreiteira criada pelo pai, Elias Kalil, e pelo tio. A empresa é especializada em infraestrutura industrial, urbana e rodoviária.

O chefe do Executivo belo-horizontino chegou ao Atlético na década de 1980. Primeiro, comandou o departamento de vôlei. Entre fim dos anos 1990 e o início dos anos 2000, ganhou protagonismo no futebol. Em parte desse período, dirigiu o Conselho Deliberativo do Galo. Em 2008, foi eleito presidente administrativo.

Sob a sua batuta, o alvinegro venceu títulos importantes, como a Taça Libertadores, em 2013, e a Copa do Brasil, no ano seguinte. Na mesma temporada da conquista continental, a equipe foi ao Marrocos disputar o Mundial de Clubes. Com Kalil, o Galo atraiu atenção de todo o globo em virtude da contratação do craque Ronaldinho Gaúcho, por duas vezes escolhido o melhor jogador do planeta.

Na política, Kalil chegou a anunciar candidatura a deputado federal, em 2014, pelo PSB, mas acabou desistindo. Dois anos depois, concretizou os planos de ingressar na vida pública. Chegou à prefeitura após derrotar João Leite, do PSDB.

Na prefeitura, o descendente de turcos se notabilizou por declarações fortes, como nas diversas vezes em que chamou a saúde pública da cidade de “melhor porcaria do brasil”. Neste ano, ganhou protagonismo ao seguir as diretrizes da ciência no enfrentamento ao novo coronavírus.

Conheça Fuad Noman, vice-prefeito a partir de 2021:

Economista, Fuad Jorge Noman Filho tem 73 anos. Em maio, deixou a secretaria Municipal de Fazenda para comandar o diretório municipal do PSD, que se preparava para buscar a reeleição de Kalil. A eleição deste ano foi a primeira que disputou Fuad estava na Fazenda municipal desde o início do atual governo.

Ele foi, também, secretário de Estado de Transporte e Obras Públicas. Atuou, ainda, como chefe da Fazenda estadual e presidente da Companhia de Gás de Minas Gerais (Gasmig).

Os comentários não representam a opinião do jornal e são de responsabilidade do autor. As mensagens estão sujeitas a moderação prévia antes da publicação

CONTINUE LENDO SOBRE