Coronavírus

Com covid-19, deputado Osmar Terra é internado em hospital em Porto Alegre

Parlamentar informou que está fazendo exames de avaliação e fisioterapia complementar. Hospital informa que ele segue em observação nos próximos dias

Sarah Teófilo Wesley Oliveira
postado em 22/11/2020 22:49 / atualizado em 22/11/2020 23:01
 (crédito: Wilson Dias/Agência Brasil)
(crédito: Wilson Dias/Agência Brasil)

O deputado federal Osmar Terra (MDB) deu entrada neste domingo (22/11) no Hospital São Lucas da Pontifícia Universidade Católica do Rio Grande do Sul (PUC-RS). No último dia 13, o parlamentar anunciou que testou positivo para covid-19. O hospital informou em nota que Terra foi internado para fazer exames e segue em observação durante os próximos dias, sem especificar previsão de alta hospitalar.

Em sua página no Twitter, o deputado confirmou que está na unidade para fazer exames e fisioterapia complementar no tratamento da doença.

Desde o início da pandemia do novo coronavírus, o deputado subestimou a doença. Em um debate promovido pelo UOL em março, Terra disse que morreriam no Brasil menos de 2,1 mil pessoas, que foi o número de mortos quando surgiu a H1N1, em 2009. "O Brasil não vai ser a Itália, não vai ser a Espanha. Vai ser muito mais branda por causa da temperatura aqui no Brasil", disse na ocasião. Terra é também um grande crítico das medidas de isolamento social.

Atualmente, o Brasil, com 169,2 mil mortos pela doença, é o segundo país do mundo com a maior quantidade de óbito no mundo, segundo levantamento feito pela Universidade Johns Hopkins (EUA), atrás apenas dos Estados Unidos. A Itália está em sexto lugar no ranking e a Espanha, em 9º.

No começo de junho, o parlamentar, que foi ministro da Cidadania até fevereiro deste ano, afirmou que a curva de contágio da covid-19 já havia passado pelo pico e que a epidemia terminaria em junho. Na época, o país tinha 28,9 mil casos confirmados da doença e 1,3 mil óbitos.

Os comentários não representam a opinião do jornal e são de responsabilidade do autor. As mensagens estão sujeitas a moderação prévia antes da publicação

CONTINUE LENDO SOBRE