Eleições 2022

Sem o Aliança, Bolsonaro diz que se filiará a partido em março

O mandatário declarou também que tem conversado com diversas siglas, incluindo o PP, partido ao qual já foi filiado até 2016, e o PTB, de Roberto Jefferson, além de "partidos pequenos"

Ingrid Soares
postado em 15/12/2020 20:06
 (crédito: EVARISTO SA)
(crédito: EVARISTO SA)

O presidente Jair Bolsonaro falou nesta terça-feira (15/12) sobre a dificuldade em criar o Aliança pelo Brasil. Ele apontou que deverá definir a filiação a algum partido em março.

“Eu tenho falado que mais ou menos em março eu defino. Eu acho que o partido que nós começamos a formar vai ser difícil a formação. É muito burocratizado, é complicado fazer um partido. Se fosse cinco ou seis anos atrás, se tivesse pensado isso lá atrás, eu teria um partido para mim”, disse o presidente, em entrevista ao programa Brasil Urgente, da TV Bandeirantes.

O mandatário declarou também que tem conversado com diversas siglas, incluindo o PP, partido ao qual já  foi filiado até 2016, e o PTB, de Roberto Jefferson, além de "partidos pequenos".

“Não posso falar o nome do partido porque tudo pode acontecer. Então em março eu devo definir o partido para mim. Tenho vários partidos que estão me convidando. Tem meu ex-partido o Progressistas me convidando, fiquei muito honrado, o PTB também me convidou, estou muito honrado também, e tem outros partidos pequenos”, concluiu.

Em novembro, Bolsonaro já havia falado sobre a opção: "Não é fácil formar um partido hoje em dia. A gente está tentando, mas se não conseguir, a gente em março vai ter uma nova opção, tá ok?", apontou.

Há mais de um ano na tentativa de fundar o Aliança pelo Brasil, o presidente Jair Bolsonaro ainda está longe de atender aos requisitos para ter seu partido registrado no Tribunal Superior Eleitoral (TSE). São necessárias 492 mil assinaturas para que o partido seja criado, no entanto, até novembro, a sigla conseguiu reunir apenas 42,789 mil rubricas válidas, ou seja, perto de 9% do mínimo almejado. A intenção era de que a sigla deslanchasse ainda para as eleições municipais, o que não se concretizou.

Os comentários não representam a opinião do jornal e são de responsabilidade do autor. As mensagens estão sujeitas a moderação prévia antes da publicação

CONTINUE LENDO SOBRE