OPERAÇÃO SHIELD

PF prende acusado de ameaçar o ministro Alexandre de Moraes

Homem postou vídeo nas redes sociais dizendo que cometeria um atentado contra o ministro do Supremo Tribunal Federal e seus familiares

Renato Souza
postado em 23/12/2020 12:15 / atualizado em 23/12/2020 12:16
 (crédito: Tomaz Silva/Agência Brasil)
(crédito: Tomaz Silva/Agência Brasil)

A Polícia Federal cumpriu, na terça-feira (22/12), mandados de prisão é de busca e apreensão no Mato Grosso. A ação está relacionada a ameaças proferidas pela internet contra o ministro Alexandre de Moraes, do Supremo Tribunal Federal (STF) e sua família.

A Operação Shield foi autorizada pela Justiça Federal do Mato Grosso. O alvo é um homem que vive em Paranatinga. De acordo com as investigações, Ezequiel Souza Lopes usou a internet para atacar Moraes.

No mês passado, um vídeo com as ameaças contra o magistrado. "Você Alexandre de Moraes e a sua família vai (sic) ser executada, e não tem mais volta você, você pediu isso, então toma tiro", disse o investigado.

Moraes é o relator de um inquérito aberto no Supremo para apurar ataques e fake news contra a Corte. No entanto, as investigações da Operação Shield não têm relação com o caso em andamento no Tribunal.

Tags

Os comentários não representam a opinião do jornal e são de responsabilidade do autor. As mensagens estão sujeitas a moderação prévia antes da publicação

CONTINUE LENDO SOBRE