CORONAVÍRUS

Doria se reúne com 645 prefeitos e discute plano de vacinação em SP

Imunização ainda esbarra na falta de registro da chinesa CoronaVac pela Anvisa

Ingrid Soares
postado em 06/01/2021 11:55 / atualizado em 06/01/2021 12:00
 (crédito: Governo do estado de Sao Paulo)
(crédito: Governo do estado de Sao Paulo)

Enquanto o governo federal não consegue estabelecer um cronograma de vacinação contra a covid-19, o governador de São Paulo, João Doria (PMDB), continua tentando levar à frente o plano paulista de vacinação. Durante a manhã desta quarta-feira (6/1), o político realiza um encontro virtual com os 645 prefeitos eleitos para o mandato 2021-2024.

Entre os temas apresentados está o Plano Estadual de Imunização. No entanto, a vacinação ainda esbarra na falta de registro do imunizante CoronaVac pela Anvisa. Inicialmente, o tucano pretende apresentar o pedido de emergência nesta semana e manter a data de início da vacinação para 25 de janeiro, dia do aniversário do estado.

Também será discutida a política econômica da unidade federativa e o Plano São Paulo, que está na fase vermelha. A medida tem como objetivo frear o avanço da covid-19. Apenas os serviços essenciais estão autorizados a abrir as portas no período. A prorrogação da quarentena no estado vai até o próximo dia 7 de fevereiro.

Além dos prefeitos, o evento tem a participação da primeira dama, Bia Doria, de secretários estaduais e membros do Centro de Contingência do Coronavírus.

Os comentários não representam a opinião do jornal e são de responsabilidade do autor. As mensagens estão sujeitas a moderação prévia antes da publicação

CONTINUE LENDO SOBRE