ESTADOS UNIDOS

Bolsonaro comenta protestos nos EUA: "Você sabe que sou ligado ao Trump"

Presidente reitera apoio ao mandatário norte-americano e volta a falar em fraudes durante eleições. "A minha foi fraudada. Era para eu ter ganhado no primeiro turno", disse, referindo-se à disputa de 2018 no Brasil

Ingrid Soares
postado em 06/01/2021 20:49
 (crédito: Jim Watson/AFP - 7/3/20)
(crédito: Jim Watson/AFP - 7/3/20)

O presidente Jair Bolsonaro comentou na tarde desta quarta-feira (6/01) a invasão de apoiadores do presidente americano Donald Trump ao Capitólio americano durante sessão que deve ratificar o resultado da eleição presidencial de novembro. Segundo relatos da imprensa norte-americana, ao menos uma pessoa morreu no tumulto.

A sessão no Capitólio precisou ser interrompida por volta das 14h local (16h em Brasília) enquanto os senadores e deputados discutiam a contagem dos votos no estado do Arizona, que deve confirmar a vitória de Biden.

Bolsonaro reiterou apoio a Trump e não falou diretamente sua opinião sobre o ocorrido. “Eu acompanhei tudo. Você sabe que eu sou ligado ao Trump. Você sabe da minha resposta. Agora muita denúncia de fraude, muita denúncia de fraude. Eu falei isso um tempo atrás, a imprensa falou: “Sem provas o presidente Bolsonaro, falou que foram fraudadas as eleições americanas”, apontou.

O mandatário ainda voltou a dizer que as eleições brasileiras de 2018 foram fraudadas e que ele deveria ter ganho em primeiro turno. “A minha foi fraudada. Eu tenho indício de fraude, era para eu ter ganhado no primeiro turno”, concluiu.

Os comentários não representam a opinião do jornal e são de responsabilidade do autor. As mensagens estão sujeitas a moderação prévia antes da publicação

CONTINUE LENDO SOBRE