INVESTIGAÇÃO

Filhos de Edison Lobão são alvos de buscas da PF em Brasília

Nova fase da operação Lava-Jato apreendeu obras de arte usadas para lavagem de dinheiro, helicóptero e carros de luxo

Renato Souza
postado em 12/01/2021 10:46 / atualizado em 12/01/2021 11:51
 (crédito: divulgaçãoPF)
(crédito: divulgaçãoPF)

A Polícia Federal e o Ministério Público Federal (MPF) deflagraram, nesta terça-feira (12/1), a 79ª fase da Operação Lava-Jato, batizada Vernissage. As diligências apuram o pagamento de propina para diretores e servidores da Transpetro e a lavagem de dinheiro por meio da venda de imóveis e obras de artes.

De acordo com informações obtidas pelo Correio, são cumpridos 11 mandados de busca e apreensão, sendo dois deles em Brasília, contra Márcio Lobão e Edison Lobão Filho, que são filhos do ex-ministro Edison Lobão. O pai não é alvo desta fase da operação.

Também são cumpridos mandados no Rio de Janeiro, São Luís e São Paulo. O MPF afirmou que os mandados têm como foco a apreensão de mais de 100 obras de arte, de alto valor, que serão levadas para perícia em Curitiba.

Os mandados foram expedidos pela 13ª Vara Federal de Curitiba. Na capital do Maranhão foram apreendidas obras de arte e um helicóptero. De acordo com a PF, entre 2008 e 2014 teriam ocorrido pagamentos de propina que somam até R$ 12 milhões, mirando fraudes em contratos da Transpetro.

Os comentários não representam a opinião do jornal e são de responsabilidade do autor. As mensagens estão sujeitas a moderação prévia antes da publicação

CONTINUE LENDO SOBRE