MUDANÇA

Bolsonaro deve trocar secretário de Comunicação por militar

Um dos motivos apontados nos bastidores são os diversos atritos do secretário com o ministro das Comunicações, Fábio Faria. Secom é subordinada à pasta

Sarah Teófilo
postado em 25/02/2021 18:16 / atualizado em 25/02/2021 19:45
 (crédito: Alan Santos/PR - 18/12/19)
(crédito: Alan Santos/PR - 18/12/19)

O presidente Jair Bolsonaro deve trocar o secretário Especial de Comunicação Social (Secom), Fabio Wajngarten, por um militar. Um dos motivos apontados nos bastidores são os diversos atritos do secretário com o ministro das Comunicações, Fábio Faria. A Secom é, inclusive, subordinada à pasta.

A possibilidade de troca já vinha sendo falada, com a informação de que um almirante ocuparia o espaço. Wajngarten é bem avaliado pela chamada 'ala ideológica' do governo, e deve ser colocado em alguma outra área do governo, podendo atuar como assessor especial.

O secretário foi empossado em abril de 2019, quando entrou no lugar do publicitário Floriano Amorim, que já havia atuado como chefe de gabinete do deputado federal Eduardo Bolsonaro (PSL-SP), filho do presidente. 

Os comentários não representam a opinião do jornal e são de responsabilidade do autor. As mensagens estão sujeitas a moderação prévia antes da publicação

CONTINUE LENDO SOBRE