Coletiva

Ao vivo: ex-presidente Lula fala após ter condenações da Lava-Jato anuladas

Esta é a primeira entrevista coletiva de Lula depois de o ex-presidente se tornar elegível novamente

Estado de Minas
postado em 10/03/2021 12:16 / atualizado em 10/03/2021 12:19
 (crédito: Youtube/Reprodução)
(crédito: Youtube/Reprodução)

O ex-presisndete Luiz Inácio Lula da Silva (PT) concede nesta quarta-feira (10/03) a primeira entrevista coletiva após deixar de ser inelegível. Na última segunda-feira (08/03), ministro Luiz Edson Fachin, do Supremo Tribunal Federal (STF), anulou as condenações dadas ao ex-presidente em processos relacionados à Operação Lava-Jato, que fez com que o petista recuperasse os direitos políticos.

A entrevista acontece neste momento no Sindicato dos Metalúrgicos do ABC, em São Bernardo do Campo, cidade do interior paulista. Ela seria realizada nessa terça-feira (09/03), mas foi adiada após Gilmar Mendes, ministro do STF, incluir na pauta do dia da Segunda Turma da Corte a análise do recurso sobre a suspeição do ex-juiz e Sérgio Moro nas ações contra Lula.

Logo no início da fala de Lula, antes das perguntas dos repórteres, o ex-presidente disse que foi "vítima da maior mentira jurídica em 500 anos de história", referindo-se ao descobrimento do Brasil.
Relembre

Na decisão favorável a Lula, Fachin alega que a Justiça Federal do Paraná, responsável pelas sentenças, não tem competência para deliberar sobre as investigações do sítio de Atibaia, do triplex do Guarujá, cidade do litoral paulista, e das doações ao Instituto Lula. A decisão foi tomada monocraticamente.

Os processos de Lula seguem, agora, à Justiça Federal do Distrito Federal, que vai reanalisar os casos e avaliar se parte dos autos confeccionados pela vara de Curitiba poderá ser utilizada.

Os comentários não representam a opinião do jornal e são de responsabilidade do autor. As mensagens estão sujeitas a moderação prévia antes da publicação

CONTINUE LENDO SOBRE