GOLPE DE 1964

Defesa divulga mensagem em alusão a Golpe de 1964: "Deve ser compreendido e celebrado"

O texto é assinado pelo novo ministro Walter Braga Netto. No ano passado, a pasta afirmou que o golpe militar foi um movimento que representou um "marco para a democracia. Muito mais pelo que evitou"

Ingrid Soares
postado em 30/03/2021 19:59 / atualizado em 30/03/2021 20:51
 (crédito: Bruno Peres/CB/D.A. Press)
(crédito: Bruno Peres/CB/D.A. Press)

O Ministério da Defesa divulgou, na noite desta terça-feira (30/3), a Ordem do Dia, uma mensagem em que afirma que o Golpe de 1964 "deve ser compreendido e celebrado". O texto é assinado pelo novo ministro da pasta, Walter Braga Netto. Nesta quarta-feira (31), o golpe completará 57 anos. Durante o período, ocorreu o fechamento do Congresso, tortura, mortes e censura à imprensa.

"O cenário geopolítico atual apresenta novos desafios, como questões ambientais, ameaças cibernéticas, segurança alimentar e pandemias. As Forças Armadas estão presentes, na linha de frente, protegendo a população. A Marinha, o Exército e a Força Aérea acompanham as mudanças, conscientes de sua missão constitucional de defender a Pátria, garantir os Poderes constitucionais, e seguros de que a harmonia e o equilíbrio entre esses Poderes preservarão a paz e a estabilidade em nosso País", diz um trecho.

"O movimento de 1964 é parte da trajetória histórica do Brasil. Assim devem ser compreendidos e celebrados os acontecimentos daquele 31 de março", completa.

No ano passado, a pasta afirmou que o golpe militar foi um movimento que representou um "marco para a democracia. Muito mais pelo que evitou".

Os comentários não representam a opinião do jornal e são de responsabilidade do autor. As mensagens estão sujeitas a moderação prévia antes da publicação

CONTINUE LENDO SOBRE