Investigação

Crítico do governo, Renan Calheiros deve ser o relator da CPI da Covid

Senador alagoano ocupará a posição mais importante da comissão que vai investigar ações e omissões do governo federal na pandemia. Escolha foi definida mediante acordo dentro do MDB

Israel Medeiros
postado em 16/04/2021 13:43 / atualizado em 16/04/2021 16:08
 (crédito: Sergio Lima/AFP)
(crédito: Sergio Lima/AFP)

O senador Renan Calheiros (MDB-AL) deve ocupar o cargo de relator — considerado como mais importante — da CPI da Covid, que investigará as ações e omissões do governo federal na pandemia. O outro cotado para a vaga, o senador Eduardo Braga (MDB-AM), recuou e anunciou apoio a Calheiros na manhã desta sexta-feira (16/4).

No cargo, Renan teria grande poder de influência nos desdobramentos das investigações. É ele quem produziria o texto final com a conclusão da CPI. Já o senador Omar Aziz (PSD-AM) deve ser o presidente da comissão. Randolfe Rodrigues (Rede-AP), que é autor do requerimento de investigação, deve ser o vice-presidente. Os nomes serão oficializados na próxima semana.

A escolha dos nomes vem de acordos que têm sido feitos nos bastidores. No entanto, apesar da aparente conclusão, senadores próximos ao governo dizem que ainda há chances de o cargo de relatoria ser ocupado por algum parlamentar mais neutro e de que ainda há muito tempo até a oficialização de nomes.

Especialistas ouvidos pelo Correio apontam que a escolha de Calheiros é o pior cenário possível para o presidente Jair Bolsonaro (sem partido). Isso porque o senador é um grande crítico do governo. Além disso, os parlamentares em posição de destaque na CPI são de oposição ou têm perfil independente.

Enquanto membros da Comissão Parlamentar de Inquérito, os senadores terão poderes parecidos aos do Judiciário, podendo convocar testemunhas para depor e ordenar quebras de sigilo fiscal e telefônico. É provável que nomes como Luiz Henrique Mandetta, ministro da Saúde quando a pandemia começou e possível concorrente de Bolsonaro nas eleições presidenciais de 2022, sejam chamados a depor.

Veja o nome dos senadores indicados para compor a CPI:

- Renan Calheiros (MDB-AL)
- Eduardo Braga (MDB-AM)
- Randolfe Rodrigues (Rede-AP)
- Humberto Costa (PT-PE)
- Otto Alencar (PSD-BA)
- Omar Aziz (PSD-AM)
- Tasso Jereissati (PSDB-CE)
- Ciro Nogueira (PP-PI)
- Eduardo Girão (Podemos-CE)
- Marcos Rogério (DEM-RO)
- Jorginho Mello (PL-SC)

Os comentários não representam a opinião do jornal e são de responsabilidade do autor. As mensagens estão sujeitas a moderação prévia antes da publicação

CONTINUE LENDO SOBRE