Poder

Para Bolsonaro, chegada de Ciro Nogueira à Casa Civil é "sinal de Deus"

Presidente comparou a facada que sofreu em 2018 com o contratempo sofrido pelo senador, que teve de trocar de avião ao voltar do México para Brasília. Bolsonaro ainda especulou o destino dos seus ministros nas eleições de 2022

Vera Batista
postado em 27/07/2021 23:58
 (crédito: Marcos Correa/ PR)
(crédito: Marcos Correa/ PR)

A indicação de Ciro Nogueira (PP-PI) para chefiar a Casa Civil foi “um sinal de Deus”, disse Jair Bolsonaro. Em entrevista à Rede Nordeste de Rádio, o presidente comparou a facada que tomou em 2018 com o problema no avião no qual o senador estava ontem (26/07) em viagem para Brasília. Ciro Nogueira tinha uma reunião agendada com Bolsonaro, mas o encontro foi adiado porque o parlamentar, que estava no México, precisou trocar de aeronave.

“Se eu acredito em Deus, o Ciro acredita em Deus. Eu vi a morte quando da facada. Ele também viu a morte no problema da turbina do avião. Foi um sinal de Deus”. Bolsonaro também elogiou vários de seus ministros, principalmente Tarcísio de Freitas, da Infraestrutura, Rogério Marinho, do Desenvolvimento Regional, e Gilson Machado, do Turismo.

Se o presidente “estiver bem”, afirmou Bolsonaro, os seus ministros também estarão. Com esse argumento, Bolsonaro sinalizou que Freitas pode concorrer ao governo de São Paulo. “Depende dele. Já Gilson Machado, para o governo do estado, é mais difícil. Talvez o Senado”, especulou o presidente.

Os comentários não representam a opinião do jornal e são de responsabilidade do autor. As mensagens estão sujeitas a moderação prévia antes da publicação

CONTINUE LENDO SOBRE