Congresso

CPI não localiza responsável pela Prevent Senior e depoimento é dúvida

Previsto para ser ouvido nesta quinta-feira (16/09), diretor da Prevent Senior não foi encontrado pelo corpo jurídico de sua empresa para confirmar participação na CPI.

Tainá Andrade
postado em 15/09/2021 23:56
 (crédito: Marcos Oliveira/Agência Senado)
(crédito: Marcos Oliveira/Agência Senado)

O depoimento do diretor executivo da operadora de planos de saúde Prevent Senior, Pedro Benedito Batista Júnior, esperado para esta quinta-feira (16/09), na CPI da Covid pode não acontecer. Segundo fontes do Senado, o setor jurídico da empresa avisou a secretaria da comissão que não conseguiu contato com o seu diretor.

Essa foi uma substituição ao depoimento de Karina Kufa, que ainda não tem nova data definida. A intenção da CPI em ouvir a Prevent Senior é investigar sobre o tipo de tratamento aplicado para Covid, o qual prescrevia medicamentos sem eficácia comprovada e pressionava os pacientes a aceitarem o procedimento.

A denúncia chegou à comissão por meio do senador Humberto Costa (PT-PE). No requerimento, ele explicou que um cidadão o procurou pedindo apoio, porque sua companheira estava sob cuidados da Prevent Senior e foi assediada a utilizar os medicamentos do “tratamento precoce”.

O Supremo Tribunal Federal (STF) concedeu a Pedro Benedito o direito de não responder perguntas na que produzam provas contra si. Porém, se ele não comparecer à oitiva, a CPI poderá pedir a sua condução coercitiva, como foi nos casos de Marco Tolentino e Marconny Faria – ouvidos essa semana.

Tags

Os comentários não representam a opinião do jornal e são de responsabilidade do autor. As mensagens estão sujeitas a moderação prévia antes da publicação

CONTINUE LENDO SOBRE