1000 DIAS

Bolsonaro comete gafe em Boa Vista e diz que comemora "1000 anos de governo"

Em discurso que tem repetido pelas cidades desde o começo da semana, Bolsonaro disse que "cada vez mais a gente vê menos vermelho e mais verde e amarelo" e comemorou "a volta do patriotismo ao Brasil".

Ingrid Soares
postado em 29/09/2021 19:03 / atualizado em 29/09/2021 19:03
 (crédito: Presidente se irritou novamente com um do seus apoiadora nesta quinta-feira (16/9) (foto: Agência Brasil/Reprodução))
(crédito: Presidente se irritou novamente com um do seus apoiadora nesta quinta-feira (16/9) (foto: Agência Brasil/Reprodução))

O presidente Jair Bolsonaro (sem partido) se confundiu nesta quarta-feira (29/09) ao citar os 1000 dias de gestão do governo, trocando a palavra "dias" por "anos", mas foi corrigido por um dos presentes. O chefe do Executivo afirmou lamentar as mais de 595 mil mortes por covid-19 mas voltou a dizer que as medidas restritivas adotadas por governadores em meio à pandemia na tentativa de diminuir os casos de transmissão de covid-19 prejudicaram a economia. As declarações ocorreram durante discurso em Boa Vista, Roraima. 

Bolsonaro também reforçou o anúncio do início das obras do linhão de Tucuruí e apontou que o projeto deve levar cerca de 3 anos para ser concluído.

"Este linhão que há mais de 10 anos vocês o esperavam, nós conseguimos agora vencer todos os obstáculos burocráticos que tínhamos pela frente e, com a pedra fundamental de hoje, a certeza que brevemente vocês terão energia de qualidade e perene em nosso estado de Roraima".

Em discurso que tem repetido pelas cidades desde o começo da semana, Bolsonaro disse que "cada vez mais a gente vê menos vermelho e mais verde e amarelo" e "a volta do patriotismo ao Brasil". 

Os comentários não representam a opinião do jornal e são de responsabilidade do autor. As mensagens estão sujeitas a moderação prévia antes da publicação

CONTINUE LENDO SOBRE