AUXÍLIO BRASIL

Bolsonaro confirma Auxílio Brasil de R$ 400: "Ninguém vai furar o teto"

Após embates, presidente anunciou o valor do benefício que substituirá o Bolsa Família. "Ninguém vai fazer estripulias no Orçamento", avisou

Cristiane Noberto
postado em 20/10/2021 13:22 / atualizado em 20/10/2021 13:22
 (crédito: Youtube/reprodução)
(crédito: Youtube/reprodução)

O presidente Jair Bolsonaro (sem partido) confirmou o valor de R$ 400 do Auxílio Brasil e disse que “ninguém irá furar o teto [de gastos]”. Ele fez a afirmação nesta quarta-feira (20/10), no lançamento do edital de Construção do Ramal de Salgado, em Russas, no Ceará, parte da Jornada das Águas.

“Ontem (19), decidimos, com o fim do auxílio emergencial, dar uma majoração ao Auxílio Brasil, que substituirá o Bolsa Família, de R$ 400”, disse. Sobre o Orçamento, Bolsonaro afirmou ter “responsabilidade de fazer com que esses recursos saiam direto da União e que ninguém irá furar o teto nem fazer estripulia no Orçamento”.

O presidente também voltou a criticar as medidas de prevenção ao novo coronavírus, como a política do 'fica em casa', e que o reflexo é a alta da inflação sobre alimentos e combustíveis. Segundo o chefe do executivo, não seria justo que os mais pobres ficassem apenas com o valor do Bolsa Família.

“Seria extremamente injusto deixar cerca de 17 milhões de pessoas com valor tão pouco do Bolsa Família. Sabemos de muitas necessidades que vocês têm. Vamos dar o exemplo. Sabemos que estamos no caminho certo”, afirmou. 

Os comentários não representam a opinião do jornal e são de responsabilidade do autor. As mensagens estão sujeitas a moderação prévia antes da publicação

CONTINUE LENDO SOBRE