Evento

Governo francês confirma encontro de Macron e Lula em Paris

Presidente da França vai receber o ex-presidente do Brasil em um evento reservado

Estado de Minas
postado em 17/11/2021 11:05 / atualizado em 17/11/2021 11:20
 (crédito: Julien De Rosa/AFP)
(crédito: Julien De Rosa/AFP)

Presidente da França, Emmanuel Macron receberá nesta quarta-feira (17/11) Luiz Inácio Lula da Silva, presidente do Brasil entre 2003 e 2010, no Palácio do Eliseu, residência oficial do governante francês, na cidade de Paris. O encontro foi confirmado pelo governo da França e será reservado, sem presença da imprensa.

"Vai demorar muito para reconstruir o Brasil", afirmou Lula, ao também confirmar o encontro. A pauta da reunião não foi divulgada oficialmente por nenhuma das partes.

Lula está na Europa desde a última quinta-feira (11/11) para uma série de encontros e reuniões. Após o encontro com Macron em Paris, a tendência é de que o ex-presidente do Brasil parta para a Espanha, para uma nova rodada de encontros com autoridades.

O movimento de Lula é visto como uma resposta às viagens internacionais recentes de Jair Bolsonaro (sem partido), atual presidente do Brasil. Bolsonaro faz, desde o fim da semana passada, um giro pelo Oriente Médio. O presidente passou por Emirados Árabes, está no Bahrein e termina a ronda pela Ásia nesta quinta-feira (18/11), no Catar.

Lula ainda não confirma, mas é um dos nomes cotados para as eleições presidenciais de 2022. A tendência é que o ex-presidente tenha Bolsonaro como principal rival no pleito do ano que vem.

Os comentários não representam a opinião do jornal e são de responsabilidade do autor. As mensagens estão sujeitas a moderação prévia antes da publicação

CONTINUE LENDO SOBRE