Julgamento suspenso

Correio Braziliense
postado em 03/12/2021 00:01

O ministro Kassio Nunes Marques, do Supremo Tribunal Federal (STF), pediu vista e suspendeu o julgamento na Segunda Turma que vai decidir se a Polícia Federal poderia ter aberto investigação sobre o suposto vazamento de documentos sigilosos obtidos pela CPI da Covid. Até o momento, o placar está empatado. O ministro Edson Fachin, relator do caso, votou pela rejeição do habeas corpus movido pela cúpula da CPI contra a investigação. Na avaliação dele, a PF seguiu todos os procedimentos ao instaurar a apuração preliminar. O voto divergente foi de Gilmar Mendes, para quem a PF não poderia ter iniciado as apurações envolvendo autoridades com foro sem comunicar ao STF e à Procuradoria-Geral da República. Ricardo Lewandowski ainda não votou no caso.

Tags

CONTINUE LENDO SOBRE