PT

Lula viaja para Argentina e será recebido com honras de chefe de Estado

O presidente argentino, Alberto Fernández, se encontrará com o petista e o premiará com uma homenagem para defensores dos direitos humanos

Pedro Grigori
postado em 08/12/2021 18:33 / atualizado em 08/12/2021 18:33
 (crédito: JULIEN DE ROSA / AFP   Juan Mabromata / AFP)
(crédito: JULIEN DE ROSA / AFP Juan Mabromata / AFP)

O ex-presidente Luiz Inácio Lula da Silva dará continuidade a série de viagens internacionais que está fazendo em 2021. Na próxima sexta-feira (10/12), o petista desembarca na Argentina, onde será recebido pelo governo do país vizinho com honras de chefe de Estado.

Na sexta, Lula receberá o Prêmio Azucena Villaflor, entregue pelo governo da Argentina a defensores dos direitos humanos. A cerimônia será dirigida pelo presidente argentino, Alberto Fernández, com quem o petista também se reunirá mais cedo para uma agenda na Casa Rosada, em Buenos Aires.

De acordo com o PT, Lula também será homenageado "pela luta contra o lawfare, o abuso da Justiça para alcançar fins políticos e ilegítimos”.

Ainda na sexta, Lula se encontrará com a vice-presidenta da Argentina, Cristina Kichner, para um ato cultural na Plaza de Mayo, em comemoração aos 38 anos de democracia na Argentina e ao Dia dos Direitos Humanos. No sábado (11/12), o ex-presidente terá encontro com dirigentes da Confederação Geral do Trabalho (CGT ), da Central de Trabalhadores Argentinos (CTA) e participará de ato em homenagem a ele e ao movimento sindical.

Lula mantém uma boa relação com os líderes do Executivo da Argentina. Fernández é um simpatizante do petista, apoiou o movimento Lula Livre e comemorou publicamente quando o ex-presidente brasileiro saiu da prisão, em novembro de 2019. Além disso, Fernández e Jair Bolsonaro (PL) já trocaram críticas diversas vezes

 

Os comentários não representam a opinião do jornal e são de responsabilidade do autor. As mensagens estão sujeitas a moderação prévia antes da publicação

CONTINUE LENDO SOBRE