DEMISSÃO

Secretário pede exoneração de técnica que votou contra kit covid

Vania Canuto deu o voto decisivo que rejeitou o kit. Caberá ao Ministro da Saúde, Marcelo Queiroga, analisar o pedido de demissão

Luana Patriolino
postado em 06/01/2022 14:42
Helio Angotti, secretário de Ciência, Tecnologia, Inovação e Insumos Estratégicos -  (crédito: Ed Alves/CB)
Helio Angotti, secretário de Ciência, Tecnologia, Inovação e Insumos Estratégicos - (crédito: Ed Alves/CB)

A secretária-executiva da Comissão Nacional de Incorporação de Tecnologias ao Sistema Único de Saúde (Conitec), Vania Canuto, pode estar sofrendo retaliações por relatório do órgão que contraindica o uso do chamado ‘kit covid’. O secretário de Ciência e Tecnologia do Ministério da Saúde, Helio Angotti, pediu a demissão da técnica ao chefe da pasta, Marcelo Queiroga. A informação foi revelada pela CBN e confirmada pelo Correio.

Vania Canuto divergiu da maioria dos integrantes do Ministério da Saúde e, no mês passado, deu o voto decisivo que fechou o resultado em 6 a 5, aprovando o parecer contra o kit covid.

“Não tenho conflito de interesses e sou favorável. Os membros presentes deliberaram por maioria simples recomendar a aprovação das Diretrizes Brasileiras para Tratamento Medicamento Ambulatorial do Paciente com Covid-19’, disse a técnica à época.

O pedido de exoneração já está nas mãos do ministro Queiroga, desde o dia 29 de dezembro. Canuto é diretora do Departamento de Gestão e Incorporação de Tecnologias e Inovações em Saúde. Como secretária-executiva da Conitec, ela é responsável por definir as pautas do colegiado. A demissão também deverá ser aprovada pela Casa Civil, por se tratar de um alto cargo.

O kit covid, também conhecido como tratamento precoce, é uma denominação pela qual ficou conhecida a defesa negacionista do uso de medicamentos sem eficácia comprovada contra a covid-19. O método é contraindicado pelos especialistas e pela Organização Mundial da Saúde (OMS), mas defendido pelo governo Jair Bolsonaro e seus apoiadores.

Os comentários não representam a opinião do jornal e são de responsabilidade do autor. As mensagens estão sujeitas a moderação prévia antes da publicação

CONTINUE LENDO SOBRE