Sem medo

Moro sobre filhos de Bolsonaro: 'Já julguei bandidos mais perigosos'

Declaração foi feita após o ex-juiz ser perguntado se teme atuação de filhos do presidente durante a campanha presidencial deste ano

Ana Mendonça - Estado de Minas
postado em 07/01/2022 19:53
Ex-ministro Sergio Moro -  (crédito: Podemos/Reprodução)
Ex-ministro Sergio Moro - (crédito: Podemos/Reprodução)

O pré-candidato à Presidência da República Sérgio Moro (Podemos) voltou a atacar seus opositores nas eleições, nesta sexta-feira (7/1). Pelas redes sociais, o ex-juiz declarou que não tem medo de “criminosos”.

Declaração foi feita após o ex-juiz ser perguntado se teme as ações que os filhos do presidente Jair Bolsonaro (PL) podem fazer durante a campanha presidencial.

Carlos Bolsonaro, filho “02” do presidente, é apontado como chefe do “Gabinete do Ódio”, grupo de bolsonaristas que usa as redes sociais para difamar e atacar opositores e também compartilhar fake-news.

Em resposta, Moro afirmou ter trabalhado para combater criminosos muito mais perigosos do que os filhos do presidente.

“Já julguei bandidos perigosos, inclusive traficantes internacionais. Se nunca tive medo de enfrentar criminosos, não serão ofensas ou ataques mentirosos que irão me assustar”, afirmou.

Moro ficou conhecido por comandar, entre março de 2014 a novembro de 2018, em primeira instância, os processos relacionados aos crimes identificados na Operação Lava-Jato, envolvendo grande número de políticos, empreiteiros e empresas.

 

 

 

Os comentários não representam a opinião do jornal e são de responsabilidade do autor. As mensagens estão sujeitas a moderação prévia antes da publicação

CONTINUE LENDO SOBRE