Política

Bolsonaro justifica sua ida à Rússia por causa da indústria de fertilizantes

Para driblar críticas em meio às tensões entre Moscou e Washington por causa da Ucrânia, o presidente coloca o agronegócio no front

Deborah Hana Cardoso
postado em 12/02/2022 20:22
 (crédito: Reprodução / TV Brasil)
(crédito: Reprodução / TV Brasil)

 

O presidente Jair Bolsonaro (PL) confirmou neste sábado (12/2) que irá à Rússia na próxima segunda-feira (14/2), em meio às tensões entre Estados Unidos e Rússia em relação à crise da Ucrânia. Para justificar as críticas que sofre em meio à crise diplomática internacional, ele disse que busca estreitar a cooperação com a Rússia em diversas áreas.

No caso, ele se refere ao agronegócio, mais precisamente aos fertilizantes fabricados na Rússia e na Bielorrússia que o Brasil importa. “Levaremos um grupo de ministros também para tratarmos de outros assuntos [sem citá-los]”, disse o presidente durante uma transmissão ao vivo em uma rede social neste sábado (12/2). “Interessa ao nosso país como energia, defesa e agricultura. A gente pede a Deus que reine a paz no mundo para o bem de todos nós”, justificou.

 

Os comentários não representam a opinião do jornal e são de responsabilidade do autor. As mensagens estão sujeitas a moderação prévia antes da publicação

CONTINUE LENDO SOBRE