Alckmin é vice de fachada, diz Moro

Correio Braziliense
postado em 30/03/2022 00:01
 (crédito: Sergio Dutti/divulgação)
(crédito: Sergio Dutti/divulgação)

O ex-ministro da Justiça Sergio Moro (Podemos) afirmou, ontem, que o ex-governador Geraldo Alckmin (PSB) é um "vice de fachada" do ex-presidente Luiz Inácio Lula da Silva. Segundo ele, a escolha do ex-tucano para integrar a chapa não alterou as posições do PT em um novo mandato.

"É um vice de fachada", sustentou Moro, durante almoço com empresários da Associação do Comércio do Rio de Janeiro (ACRJ). "É um vice que contraria tudo o que ele disse no passado. Ele que, em campanhas passadas, se colocou como anti-Lula, denunciando a corrupção do PT de forma tão veemente, está agora figurando como vice (da chapa petista)", acrescentou o presidenciável.

Mesmo sem apoio de outras siglas e com pouca estrutura nos estados, Moro afirmou que não pretende desistir da sua pré-candidatura em apoio a uma "terceira via", outro candidato que tenha 1% ou 2%. Deixou, porém, aberta a possibilidade de desistência.

Ele enfatizou que deve se manter candidato ao menos até julho. Será quando, com seu grupo político, avaliará o cenário eleitoral.

"Não posso renunciar à minha candidatura para alguém que tem 1% ou 2% nas pesquisas, quando a gente tem lá 10%, 9%, 8%", afirmou. "Não tenho essa vaidade, mas tenho o sonho de mudar o país."

Tags

CONTINUE LENDO SOBRE