Poder

"Cumprir responsabilidade", diz Pacheco sobre assumir a Presidência

Com viagens de Jair Bolsonaro (PL), Hamilton Mourão e do presidente da Câmara, Arthur Lira, presidente do Senado assumirá o comando da nação. Senador diz que vai cumprir "obrigação constitucional"

Raphael Felice
postado em 05/05/2022 18:56 / atualizado em 05/05/2022 19:34
 (crédito: Minervino Júnior/CB/D.A.Press)
(crédito: Minervino Júnior/CB/D.A.Press)

O presidente do Senado, Rodrigo Pacheco (PSD-MG), comentou sobre assumir a presidência da República nas próximas horas. Nesta sexta-feira (6), ele será a maior autoridade pública em território nacional. Com as viagens do presidente da República, Jair Bolsonaro (PL), do vice Hamilton Mourão (Republicanos-RS) e também do chefe da Câmara, Arthur Lira (PP-AL), caberá ao presidente do Senado assumir a chefia do Palácio do Planalto. 

Pacheco se limitou a dizer que irá cumprir uma ordem constitucional e que foi comunicado pela Casa Civil e pelo Gabinete de Segurança Institucional.

“Eu fui comunicado pela Casa Civil, pelo GSI a respeito da viagem do presidente da República, Jair Bolsonaro, à Guiana. Aí naturalmente nessa linha sucessória, também com viagens do vice-presidente e do presidente da Câmara, Arthur Lira, então, cabe ao presidente do Senado fazer, e será cumprido”, comentou Pacheco.

“Vai ser um período muito curto. A viagem do presidente da República é muito curta para a Guiana, amanhã à noite, acho que ele já está de volta, então vamos fazer o cumprimento de uma obrigação constitucional”, complementou.

Os comentários não representam a opinião do jornal e são de responsabilidade do autor. As mensagens estão sujeitas a moderação prévia antes da publicação

CONTINUE LENDO SOBRE