Eleições

'Bolsonaro deixará Presidência desvalorizada', diz Ciro Gomes

Matéria do jornal do Rio de Janeiro mostra que Bolsonaro vai terminar seu mandato em dezembro de 2022 como o primeiro presidente, desde o Plano Real (julho de 1994), a deixar o salário mínimo valendo menos do que quando entrou

Agência Estado
postado em 09/05/2022 12:19
 (crédito:  Marcelo Ferreira/CB/D.A Press)
(crédito: Marcelo Ferreira/CB/D.A Press)

O ex-ministro da Fazenda e pré-candidato ao Planalto pelo PDT, Ciro Gomes, fez publicação no Twitter, sobre matéria do jornal O Globo que revela que o presidente Jair Bolsonaro (PL) deve ser o primeiro chefe de Estado a deixar o mandato com o salário mínimo abaixo do valor inicial desde o Plano Real.

"Diz O Globo que Bolsonaro será o primeiro presidente desde o Real a terminar o mandato com salário mínimo valendo menos. É bem mais que isso: será um presidente que deixará a Presidência da república valendo menos", escreveu Ciro.

Matéria do jornal do Rio de Janeiro mostra que Bolsonaro vai terminar seu mandato em dezembro de 2022 como o primeiro presidente, desde o Plano Real (julho de 1994), a deixar o salário mínimo valendo menos do que quando entrou. Nenhum governante neste período, seja no primeiro ou segundo mandato, entregou um mínimo que tivesse perdido poder de compra. Pelos cálculos da Tullett Prebon Brasil, a perda será de 1,7%.

CONTINUE LENDO SOBRE