Ladrões roubam R$ 10 mil por PIX

Victor Correia
postado em 11/05/2022 00:01
 (crédito: Alexandre Guzanshe/Estado de Minas)
(crédito: Alexandre Guzanshe/Estado de Minas)

Os assaltantes que invadiram uma casa, na QL 22 do Lago Sul, obrigaram às vítimas a fazerem um PIX no valor de R$ 10 mil, segundo investigações. Crime aconteceu na última segunda-feira. À noite, um dos suspeitos foi preso pela Polícia Civil do Distrito Federal (PCDF).

Delegado à frente do caso, Renato Fayão, adjunto da 10ª Delegacia de Polícia (Lago Sul), conta que, após o roubo, os suspeitos fugiram em um Pálio vermelho. O carro foi visto por policiais militares cerca de duas horas depois do crime, na QI 17. Durante a perseguição, os suspeitos desceram do veículo e fugiram a pé para uma área de mata.

Com uma arma de airsoft, os criminosos renderam o casal de moradores e quatro empregados da residência, roubaram o carro da família e mais de 30 objetos, incluindo relógios e óculos de grifes, dois notebooks, uma lente de máquina fotográfica, dois tablets, um Ipad, uma caixa de som, carteiras, roupas, boné e uma mala. As vítimas ficaram trancadas em um dos quartos.

No automóvel, os PMs encontraram os objetos roubados. "Paralelamente, um dos assaltantes, que dirigia em alta velocidade com o veículo subtraído da vítima, colidiu com um Gol, que era conduzido por um senhor de 80 anos", detalha o delegado.

Após o acidente, o criminoso fugiu. No entanto, por volta das 16h, policiais civis prenderam o suspeito, de 26 anos. "Na busca pessoal, encontramos um colar subtraído de uma das vítimas do assalto", acrescenta o delegado. Na DP, o homem foi reconhecido por quatro pessoas como autor do assalto. A PCDF segue com as investigações para localizar os outros três criminosos.

A casa invadida pertenceu ao ex-senador e ex-deputado federal Aécio Neves (PSDB), entre 2015 e 2017. Com 2,5 mil metros quadrados, o imóvel vale mais de R$ 8 milhões e o aluguel pode chegar a R$ 30 mil por mês.(DD)

Tags

CONTINUE LENDO SOBRE