susto em formosa

Queda de míssil sob investigação

Comando de Artilharia diz que incidente ocorreu em exercício militar e informa ter iniciado apuração. Deputado quer ouvir representante do Exército e da Defesa

Cristiane Noberto
postado em 13/05/2022 00:01
 (crédito:  Reprodução/Redes Sociais)
(crédito: Reprodução/Redes Sociais)

O deputado José Nelto (PP-GO) protocolou, ontem, na Câmara, um requerimento de convite para que o Exército e o Ministério da Defesa prestarem esclarecimentos sobre um míssil lançado durante um exercício militar, que teria se desviado da rota e atingido uma plantação de soja em Formosa (GO).

A cidade abriga o Forte Santa Bárbara, que é o Comando de Artilharia do Exército. O local é usado pela força terrestre para treinamentos de combate e demonstrações bélicas e se reporta ao Comando Militar do Planalto.

"Como pode um míssil ser lançado e ser desviado?", questionou Nelto. Na sustentação do pedido, o parlamentar justifica que em respeito aos cidadãos, "é importante que esta Casa envie convite às autoridades indicadas nesse requerimento para obter todos os esclarecimentos sobre o ocorrido e quais providências serão tomadas para que não tenhamos reincidência".

Em comunicado, o Comando de Artilharia do Exército reconheceu o "incidente" que ocorreu "durante exercício militar do Curso de Operação do Sistema de Mísseis e Foguetes para oficiais e sargentos". Ainda de acordo com a nota, a equipe responsável foi ao local e constatou não haver vítimas ou danos materiais.

"O exercício foi planejado para ocorrer dentro dos limites do Campo de Instrução de Formosa(CIF), tendo sido adotadas todas as medidas de segurança. O Exército Brasileiro e a Avibras (empresa que produz mísseis) já estão trabalhando nas investigações", diz o comunicado.

Tags

CONTINUE LENDO SOBRE