Saiba mais

Candidatura única

Correio Braziliense
postado em 18/05/2022 00:01

Os partidos que tentam construir uma candidatura consolidada na chamada terceira via estão em negociação desde o início deste ano. A frente no centro político continha, além de PSDB, MDB e Cidadania, o União Brasil. Líderes dessas siglas haviam se comprometido, em abril, a lançar candidatura única para servir de alternativa à polarização entre o petista Luiz Inácio Lula da Silva e o presidente Jair Bolsonaro (PL).

O movimento — marcado agora pelos embates internos do PSDB — já sofreu uma significativa baixa em 30 de abril. O União Brasil, fusão de DEM e PSL, decidiu lançar o deputado federal e presidente da legenda, Luciano Bivar (PE), como pré-candidato ao Planalto. Nesse meio-tempo, o ex-governador do Rio Grande do Sul Eduardo Leite, derrotado nas prévias tucanas, buscou se reabilitar como potencial candidato. Ele manteve encontros com Simone Tebet, pré-candidata do MDB, mas depois recuou da empreitada.

CONTINUE LENDO SOBRE