eleições 2022

Candidatos, partidos e eleitores terão dados no Google em tempo real

Além da plataforma de dados, gigante da tecnologia anunciou apoio de R$ 1,5 milhão a projetos e organizações para o suporte a candidaturas de grupos sub-representados na política

Roberto Fonseca
postado em 14/06/2022 10:22 / atualizado em 14/06/2022 10:26
Marco Túlio Pires, Head do News Lab do Google Brasil -  (crédito: Roberto Fonseca/ CB/ DA Press)
Marco Túlio Pires, Head do News Lab do Google Brasil - (crédito: Roberto Fonseca/ CB/ DA Press)

As eleições de 2022 terão uma plataforma especial no serviço de busca do Google. No primeiro dia oficial da campanha eleitoral, em 16 de agosto, entrará no ar uma central do Google Trends com os principais pesquisas realizadas pelos internautas em relação aos temas mais importantes para o país, como saúde, segurança e economia nos últimos anos.

A novidade foi anunciada na manhã desta terça-feira (14/6) durante o Google For Brasil, em São Paulo, em que a gigante da tecnologia apresentou uma série de ações previstas para os próximos meses em cultura, economia, capacitação profissional, entre outros.

Segundo o Google, a ideia é que a central de busca traga, em tempo real, as principais perguntas sobre candidatos, partidos, dúvidas dos eleitores e tendências do ciclo eleitoral durante a campanha. Iniciativa semelhante ocorreu nas disputas eleitorais de 2018 e 2020, mas agora, segundo a empresa, a plataforma foi aprimorada. “Vamos ajudar também a eleitores e eleitoras a encontrar os locais de votação por meio do Google Assistente”, disse Marco Túlio Pires, head do NewsLab do Google Brasil.

 

Evento Google for Brasil
Evento Google for Brasil (foto: Roberto Fonseca/ CB/ DA Press)

O Google anunciou ainda um apoio de R$ 1,5 milhão para organizações e projetos que atuam na capacitação e suporte de candidaturas de grupos sub-representados na política brasileira. O repasse dos valores será feito pelo Google.org, braço filantrópico da empresa.

Entre as entidades beneficiadas estão #VoteLGBT, Instituto Update, Instituto Marielle Franco, Instituto Vita Alere e Safernet.

Os comentários não representam a opinião do jornal e são de responsabilidade do autor. As mensagens estão sujeitas a moderação prévia antes da publicação

CONTINUE LENDO SOBRE