Próximo Capítulo

Adriana Izel
Vinicius Nader
postado em 15/10/2020 18:08
 (crédito: Fábio Rocha/ TV Globo)
(crédito: Fábio Rocha/ TV Globo)

Dançando na pandemia

A dança de salão leva o imaginário popular às expressões “dois pra lá, dois pra cá” e “de rosto colado”. Epa! Em tempos de covid-19, colar o seu rosto no de outra pessoa pode causar arrepios. Mas dá para dançar com responsabilidade, garante Paula Santos, bailarina do Domingão do Faustão que se apresenta ao lado do ator André Gonçalves. Vice-líder do Dança com famosos até agora, Ana Paula dribla o medo e diz que “nada supera ter a oportunidade de contagiar e levar alegria em tempos tão difíceis como esse para o público que nos assiste de casa.”

Três perguntas // Paula Santos

Como está sendo a experiência no Dança dos famosos em meio a uma pandemia?
Participar de um quadro como esse, que envolve contato para criação, ensaios e várias horas juntos, é só para quem realmente tem profissionalismo. Este ano, com certeza, vai ficar marcado na história do programa. Tem sido desafiador, mas tem nos ajudado a respeitar o isolamento completamente. Porém, nada supera ter a oportunidade de contagiar e levar alegria em tempos tão difíceis como este para o público que nos assiste de casa.

No quadro, você ouve críticas a número de vocês por parte dos jurados. Como você costuma reagir a críticas?
Sobre a opinião do outro nunca teremos controle. Por esse motivo, eu sempre dou o meu melhor em tudo que faço, para que, independentemente de colocação ou nota, nós tenhamos certeza que fizemos o melhor que pudemos. Acima de qualquer coisa, sempre levo em consideração as críticas como algo construtivo para acrescentar em meu próximo trabalho como profissional.

Fausto Silva diz sempre no quadro que todos podem dançar. Podem mesmo?
A dança está dentro de cada um, ela é feita de ritmo e compasso. Se você sabe andar, sabe dançar! Correr é uma dança. Você mantém um ritmo e um compasso constantes. Eu consigo enxergar a dança em quase tudo. A dança está no amor, na liberdade, na entrega e na sua verdade. E isso todos possuem! Então, é possível, sim, que todos dancem.

Leia a entrevista completa em https://blogs.correiobraziliense.com.br/proximocapitulo/

O que vem por aí

Amanhã, a Netflix lança o segundo volume de Mistérios sem solução
Na quarta-feira, o canal AXN passar a exibir a série Candice Renoir às 21h
Na quinta-feira é a vez do Starzplay disponibilizar as sete temporadas de Mad men
Na sexta-feira, a Amazon Prime Vídeo estreia o spin-off Penny Dreadful: City of angels

Escolinha remota

 (crédito: Fábio Rocha/ TV Globo)
crédito: Fábio Rocha/ TV Globo

Já pensou em conhecer a fazenda de Nerso da Capitinga (Gui Santana) ou saber como é a decoração da casa de Zé Bonitinho (Mateus Solano)? Na sexta temporada da Nova Escolinha do Professor Raimundo, que estreia hoje na Globo, isso será possível. Em clima de pandemia, as aulas de Professor Raimundo (Bruno Mazzeo) serão remotas, com os alunos em casa. É claro que imprevistos, como conexão que cai e visita que chega de surpresa farão parte do roteiro. Entre outros, o elenco ainda traz Marcelo Adnet, Fabiana Karla, Marcos Caruso e Welder Rodrigues. Amanhã, o canal Viva reprisa a aula para repetentes.

Tags

Os comentários não representam a opinião do jornal e são de responsabilidade do autor. As mensagens estão sujeitas a moderação prévia antes da publicação