TV+

Amizade acima de tudo

Protagonistas de Malhação — Viva a diferença voltam no spin-off As Five, do Globoplay, mais maduras e com novos conflitos

Vinicius Nader
postado em 06/11/2020 21:41
 (crédito: Fábio Rocha/ TV Globo)
(crédito: Fábio Rocha/ TV Globo)

Quando uma novela acaba, geralmente ficamos órfãos daqueles personagens (que logo serão substituídos por outros, provavelmente), imaginando como seria a vida deles, o que eles fizeram depois que lemos o letreiro “fim” na tela. Poucas vezes temos essas respostas. Mas é o que vai acontecer a partir desta quinta-feira, quando o Globoplay estrear a série As Five, spin-off de Malhação — Viva a diferença, temporada que, curiosamente, está sendo reprisada pela Globo.

Assim, o público reencontra-se com Keyla (Gabriela Medvedovski), Ellen (Heslaine Vieira), Lica (Manoela Aliperti), Tina (Ana Hikari) e Benê (Daphne Bozaski) seis anos depois do fim da novela. O momento é de reencontro para as meninas também — a vida de gente grande as separou e elas se reúnem novamente para o enterro da mãe de Tina.

Muita coisa está diferente nesse reencontro. Tina tem de enfrentar, além do luto pela perda da mãe, o desgaste do relacionamento com Anderson (Juan Paiva), que se dedica à carreira de DJ. Keyla estacionou a vida e os sonhos para se dedicar à maternidade de Tonico (Matheus Dias). Ellen parece ser a que mais amadureceu: fez carreira acadêmica nos EUA e deixou por lá um namorado americano antes de voltar ao Brasil. Lica ressurge rompida com Samantha (Giovanna Grigio) e tendo abandonado três faculdades. E Benê vive uma crise no casamento com Guto (Bruno Gadiol) e, longe da mãe, vai buscar nas amigas um refúgio, até descobrir a própria sexualidade com Nem (Thalles Cabral), vizinho de Lica. Do elenco original, também voltam Vinicius Wester (MB) e Malu Galli (Marta). O texto continua assinado por Cao Hamburger, com supervisão artística de Fabrício Mamberti.

Enredo
“A série trata do momento em que as personagens estão entrando na vida adulta, buscando a independência e tentando lidar com os desafios que essa fase traz. E com a Benê e o Guto não é diferente, eles começam a série juntos. Porém, estão em um momento de mudança de cada um e na relação. É quando a Benê reencontra as amigas. Elas a ajudam nesse novo momento pós-termino do namoro”, conta a atriz Daphne Bozaski, em entrevista ao Correio.

“Na novela, a Benê era mais ingênua, não tinha passado por tantas experiências. Agora, ela mora com o Guto, longe da mãe dela. Já terminou a faculdade, onde provavelmente conheceu muita coisa sobre ela e sobre o mundo. Isso a faz entender certas coisas que, na época de Malhação, ela não saberia lidar”, compara.

Assim como acontecia em Malhação — Viva a diferença, As Five trará conflitos contemporâneos e característicos da geração das meninas, com questões pessoais, amorosas e profissionais bem distintas. Segundo Daphne, uma diferença que o público poderá notar é no ritmo. Afinal, a temporada tem 10 episódios (que serão liberados semanalmente) e a novela teve 222 capítulos, ficando 10 meses no ar.

“Quando vocês assistirem, verão que é outro tempo de atuação. Na Malhação, os tempos sobre um assunto eram mais longos, dias e dias falando sobre o mesmo tema. Na série, é mais rápido e mais preenchido. Cada cena tem que dizer muita coisa, não tem enrolação sobre um assunto”, explica Daphne.

 

 

Tags

Os comentários não representam a opinião do jornal e são de responsabilidade do autor. As mensagens estão sujeitas a moderação prévia antes da publicação