Neurônios em dia

O uso de smartphone e a preferência por recompensas rápidas

Estudo mostra que as atividades no smartphone mais associadas a um comportamento impulsivo foram aquelas que estimulam recompensas de forma mais explícita, como jogos e redes sociais

Ricardo Teixeira
postado em 24/11/2020 15:07
 (crédito: Catherine LAI/AFP)
(crédito: Catherine LAI/AFP)

Você prefere ganhar R$ 100 hoje ou esperar uma semana para ganhar R$ 120? Um recente estudo conduzido por pesquisadores de Berlin, na Alemanha, aponta que quanto mais usamos os smartphones, especialmente com jogos e aplicativos de redes sociais, maior a tendência em escolhermos a primeira alternativa: R$ 100 agora.

Estudos anteriores já haviam demonstrado similaridades comportamentais entre o uso excessivo de smartphones e comportamentos como abuso de álcool e outras drogas, assim como jogo compulsivo. Esses estudos foram baseados na descrição por parte dos usuários da quantidade de horas diárias da utilização do dispositivo, mas nessa nova pesquisa os voluntários tiveram seus smartphones monitorados para quantificação dos diferentes usos por sete a 10 dias. Além disso, eles eram submetidos a testes que acessavam o autocontrole e o comportamento diante de recompensas.

Os resultados apontaram que as atividades no smartphone mais associadas a um comportamento impulsivo foram aquelas que estimulam recompensas de forma mais explícita como jogos e redes sociais. O tempo de uso em aplicativos de compras, música, podcasts e e-mails não mostrou associação com o comportamento de impulsividade pela recompensa.

*Dr. Ricardo Teixeira é neurologista e Diretor Clínico do Instituto do Cérebro de Brasília

Tags

Os comentários não representam a opinião do jornal e são de responsabilidade do autor. As mensagens estão sujeitas a moderação prévia antes da publicação

CONTINUE LENDO SOBRE