Beleza

Feitas com as próprias mãos

Quer ficar com as unhas lindas, mas está com receio de ir à manicure? Especialistas dão dicas de como cuidá-las em casa

Amanda Silva*
postado em 17/12/2020 18:07
 (crédito: Hugo Gonçalves/Esp.CB/D.A Press)
(crédito: Hugo Gonçalves/Esp.CB/D.A Press)

Toda mulher gosta de estar com as unhas lindas, especialmente nas noites de Natal e ano-novo. Mas, com a pandemia e as recomendações de permanecer em casa, muitas devem aderir à ideia de arrumá-las por conta próprias, em casa. Por isso, é importante que alguns cuidados sejam tomados para não encravar ou danificá-las.

Adriana Salgado, 29 anos, empresária e podóloga com especialização em saúde e beleza dos pés e mãos, conta que o maior erro das pessoas que fazem a unha em casa é cortar em qualquer formato. Segundo ela, as unhas dos pés precisam de um corte técnico a cada 20 dias. “Ao ficar muito grande, podem encravar ou atrofiar, com uso do calçado fechado.”

Para as pessoas que possuem as unhas muito grossas e duras, é recomendado o uso de lixas semanalmente para mantê-las sempre em comprimento curto. O lixamento deve ser feito após o banho, por estarem mais úmidas e macias. “A dica do corte é manter as unhas sempre retas e com os cantos levemente arredondados”, ensina a podóloga.

Rejane Reis, 36, é manicure há mais de 20 anos e diz que, durante a pandemia, os clientes têm solicitado serviço personalizado e individualizado. Ela conta que as maiores pedidas neste período são as unhas vermelhas com glitter dourado. Mas há, também, as versões mais luxuosas. “As unhas natalinas, com pedrarias, francesinhas com dourado e até desenhos temáticos estão entre as solicitações.”

Cuidados

A manicure ressalta que as unhas podem ser cuidadas semanalmente ou quinzenalmente. Porém, as cutículas não podem ser retiradas em excesso. “Elas são a proteção das unhas. Na verdade, devem ser bem hidratadas.” Segundo Rejane, outro item que precisa de uma atenção especial, são os alicates — o mau uso pode causar machucados nos dedos e trazer danos severos para a saúde das unhas.

Adriana acrescenta que pessoas diabéticas podem perder a sensibilidade dos membros inferiores e, por isso, deve fazer um checape semanal. A recomendação, segundo ela, é para evitar que um simples machucado se torne um grande dano. “Coloque um espelho no chão e olhe a planta dos pés. Confira se não tem nenhuma ferida e até mesmo uma fissura ou rachadura.”

Outro cuidado diário importante é secar bem entre os dedos após o banho, pois a umidade pode causar coceira. Para evitar onicomicose, os fungos de unha, é recomendado que, com um borrifador, aplique álcool 70% nas unhas. Essa prática vai diminuir a proliferação do fungo seco. E por fim, hidrate frequentemente os pés e as mãos com cremes próprios para os locais.

*Estagiária sob a supervisão de Sibele Negromonte

Itens necessários
Para fazer as unhas em casa, não é necessário ter tudo que é visto em um salão. A manicure Rejane Reis recomenda que tenha em mãos alicate, lixa, acetona ou removedor de esmalte, palito, algodão e o esmalte da sua preferência.

Dicas para fazer as unhas em casa
Antes de tudo, comece retirando o esmalte velho.
Em seguida, hidrate as unhas e cutículas. Isso vai garantir um bom resultado.
Então, lixe as unhas. Deixe em um formato reto mas com as bordas arredondadas para evitar que ela encrave.
Depois, retire as cutículas com cuidado. Tenha certeza de que apenas você use o alicate. Se compartilhar, esterilize-o.
Por fim, esmalte as unhas e retire os excessos e borrões.


Tags

Os comentários não representam a opinião do jornal e são de responsabilidade do autor. As mensagens estão sujeitas a moderação prévia antes da publicação

CONTINUE LENDO SOBRE