Conheça casa especializada em banoffee e a chef por trás das deliciosas tortas

Uma história de amor à gastronomia desde o começo... É assim a trajetória de Ana Luísa Raw

Renata Rusky
postado em 17/01/2021 08:00
 (crédito: Marcelo Ferreira/CB/D.A Press)
(crédito: Marcelo Ferreira/CB/D.A Press)

Ana Luísa Raw sempre gostou de estar na cozinha. De família mineira, via a mulherada entretida com o preparo da comida e ficava no pé delas, pedindo para ajudar em alguma coisa. Cresceu fazendo experiências (e sujeira) na cozinha. Assim que concluiu o ensino médio, começou o curso de direito. Mas, depois de um ano e meio, reconheceu que não queria aquilo e abandonou. “Eu queria começar gastronomia, mas não era uma opção, então, fui atrás de aprender tudo sozinha: com livro de receita, YouTube, etc”, enumera.

Ficou trabalhando com o pai e se aventurando na cozinha por hobby, até que passou em um curso de gestão de agronegócio, na Universidade de Brasília (UnB). Mais um ano e meio de estudo e não conseguiu se identificar com a área. Desistiu mais uma vez e, finalmente, sentiu-se realizada quando conseguiu um emprego em uma brigaderia: além do doce tipicamente brasileiro, fazia tortas. Foi a virada de chave para que ela aprendesse mais e se profissionalizasse.

Algum tempo depois, abriu o próprio empreendimento. Fazia tudo da cozinha de casa mesmo: trufas, bolos, tortas e muita bagunça, da qual os pais não cansavam de reclamar. Mas ela estava seguindo o sonho e a família se deliciava com tudo que fazia. Tanto que os tios, que tinham o plano de abrir um restaurante ou um café, sempre diziam que, quando finalmente conseguissem, ela seria a chef confeiteira.

A ideia saiu do papel e eles abriram um café bar em Arraial D’Ajuda, na Bahia: o Ousado. Ana foi junto e montou um cardápio de doces. O favorito era o banoffee, uma torta com base de biscoito e camadas de banana, doce de leite e chantilly. Para Ana, combinava com o clima quente de praia por ser gelada e ainda ter fruta. Na época, uma prima lhe mostrou que, em São Paulo, havia uma loja especializada só na tal sobremesa.

Com a pandemia, no início de 2020, a chef precisou deixar o litoral e voltar para a capital, ainda sem saber o que faria dali em diante, mas com a certeza de que não ficaria parada. Em poucos meses, abriu a Banoffee da Raw. O local funciona só com delivery e take-out, num esquema dark kitchen, também chamado restaurante fantasma, sem espaço para que os clientes comam no local. Em meio à pandemia, ela acreditava que não fazia sentido que fosse diferente.

E já que só tem banoffee, por que não oferecer variações? Ana, então, criou duas opções em vez do doce de leite: de nutella, chamada BanoTella, e de leite condensado, chamada BanoMilk. O sucesso das tortas foi maior do que ela esperava. Quando abriu, em agosto, só tinha uma funcionária que a ajudava. Mas, um dia, as duas precisaram trabalhar até 2h da madrugada e perceberam que precisavam de mais gente. Atualmente, mais quatro pessoas ajudam a chef, seja na cozinha, no administrativo ou no atendimento.

Outra delícia é o brigadeiro de banana da chef Ana Luísa Raw

Ingredientes:
3/4 de banana-nanica amassada
1 lata de leite moça
1 colher de café rasa de manteiga sem sal

Para enrolar:
Açúcar refinado
Canela
Manteiga para enrolar

Você vai precisar de:
Panela pequena (de preferência de ferro ou alguma um pouco mais grossa)
Espátula de silicone
Prato fundo

Modo de preparo:
Em uma panela pequena, cozinhe a banana em fogo baixo, sempre mexendo com a espátula, até ela ficar menos pastosa (cerca de dois minutos).
Retire a panela do fogo, acrescente leite moça e manteiga sem sal.
Volte a panela para o fogo baixo/médio e mexa até o brigadeiro começar a desgrudar dos cantos (cerca de sete minutos). Atenção para o ponto desse brigadeiro, ele é mais consistente, leva um pouco mais de tempo que outros sabores.
Assim que estiver pronto, reserve imediatamente em um prato, espere esfriar e enrole no tamanho que achar ideal, passando na mistura de canela e açúcar.

Dica da chef: Recheie com doce de leite ou com nutella. Fica uma delícia!

Serviço


Banoffee da Raw
Fatias ou tortas inteiras
Take-out na CLN 115, bloco D, loja 79, no subsolo
Delivery pelo iFood e pelo UberEats
Encomendas via WhatsApp: 95717094


 

  • Ana Raw é a chef por trás das banoffees da Banoffee da Raw
    Ana Raw é a chef por trás das banoffees da Banoffee da Raw Foto: Marcelo Ferreira/CB/D.A Press
  • Brigadeiro de banana da chef Ana Raw: faça em casa
    Brigadeiro de banana da chef Ana Raw: faça em casa Foto: Divulgação Banoffee da Raw
Os comentários não representam a opinião do jornal e são de responsabilidade do autor. As mensagens estão sujeitas a moderação prévia antes da publicação

CONTINUE LENDO SOBRE