Moda

O novo ciclo das bandanas: por que o acessório voltou a fazer sucesso

Os charmosos lenços caem no gosto popular após participantes do Big Brother Brasil 21 o adotarem. Especialistas explicam a origem do adorno e ensinam maneiras de usá-lo

Amanda Silva*
postado em 28/03/2021 08:00
Larissa Oliveira usa as bandanas desde os 12 anos: complementa o look e a deixa mais estilosa -  (crédito: Arquivo pessoal)
Larissa Oliveira usa as bandanas desde os 12 anos: complementa o look e a deixa mais estilosa - (crédito: Arquivo pessoal)

A bandana é um item que sempre vai e volta na moda. Seja usado no cabelo, no pescoço, seja na calça, o acessório faz parte do guarda-roupa de muitos famosos. E, desta vez, virou queridinho dos participantes do Big Brother Brasil 21. Logo nas primeiras semanas do programa, o uso repercutiu nas redes sociais e chamou a atenção do público.

Rafaelli Antes, consultora de imagem e estilo, conta um pouco sobre a história desse acessório. Segundo ela, as bandanas foram inicialmente utilizadas por cowboys, no Velho Oeste dos Estados Unidos, não como um adorno, mas para proteger o rosto do suor e do vento. Mas tudo mudou nos anos 1920, quando o estilista Paul Poiret, introduziu a bandana como acessório. “Depois, ela foi sendo mais utilizada, especialmente pela utilidade, para manter os cabelos arrumados.”

De acordo com Veridiana Franciscangelis de Godoy, consultora de imagem responsável pelo Modo Chique, a palavra bandana vem do hindu e começou a ser utilizada como um item para a testa e a cabeça. “Na década de 1940, as mulheres passaram a usá-la como item de segurança para os cabelos, em fábricas.”

Anos mais tarde, na década de 1970, virou febre e se popularizou, principalmente por conta do movimento hippie, muito forte na época. “Também foi popularizada por famosos como Jimmy Hendrix e Janis Joplin. Anos depois, foi muito usada por Axl Rose”, lembra Rafaelli. “A moda é cíclica. A bandana voltou forte em 2019 com coleções de D&G e Gucci e, agora, pela influência dos participantes do BBB 21”, acrescenta Veridiana.

No Brasil, é comum ver a popularização de tendências que aparecem em rede nacional como assinatura de estilo em determinado personagem ou participante de programa de televisão. “Acontece muito com o estilo de personagens de novela (quem lembra da febre de O clone?). E com o BBB não é diferente”, contextualiza Rafaelli.

Siga seu estilo

Camilla de Lucas, Pocah e Carla Diaz são algumas das participantes que mais utilizaram os acessórios dentro da casa do BBB
Camilla de Lucas, Pocah e Carla Diaz são algumas das participantes que mais utilizaram os acessórios dentro da casa do BBB (foto: Reprodução/ Globoplay)

Práticas e versáteis, as bandanas podem ser adotadas de várias maneiras. As mais comuns são na cabeça, dobradas ou em formato de triângulo. “Muitas pessoas também usam como forma de amarrar o cabelo em rabo de cavalo e coques”, comenta Rafaelli. O acessório também é muito utilizado por fashionistas amarrados no pescoço, no pulso e até na bolsa, como um truque de estilo. E faz com que o look simples de calça jeans e camiseta saia do básico.

Para Veridiana, o importante é sempre seguir o seu estilo. Para isso, ela recomenda saber quais tons e estampas favorecem sua pele e, se ao utilizar o acessório, você vai sair muito da zona de conforto. “Prefira usá-las em momentos fora da rotina, como em viagens. Costumo dizer que, nesses eventos, temos uma licença poética e nos tornamos mais confortáveis para utilizar uma peça que não faz parte do nosso repertório”, explica a consultora de imagem.

Cuidados ao adotar o acessório

Veridiana alerta que é preciso estar sempre atento às cores. “Como tudo perto do rosto, devemos observar se o contraste da estampa está de acordo com seu contraste pessoal e se a cor favorece seu tom de pele”, justifica.

Além disso, tudo depende do estilo de quem usa e do que quer transmitir. Para as que gostam de looks mais elegantes, discretos e sem excesso de informação, a dica de Rafaelli é deixar a bandana como ponto focal do look. Mas, quem gosta de ousar e é adepta do estilo criativo consegue misturar mais, seja acessórios, cores ou estampas.

Para Veridiana, o acessório pode caminhar por todos os estilos universais a depender da estampa e dos complementos. Uma bandana com cor vibrante usada com um maxibrinco, pode se encaixar no estilo dramático. “Já o acessório em cores claras ou estampas de baixo contraste com uma blusa de renda, babados e mangas bufantes (formas curvas) pode se encaixar no estilo romântico. É tudo questão de harmonia das cores, formas e desejo de imagem”, explica a consultora.

Nos looks

Rebeka Albuquerque adotou as bandanas este ano: ela gosta muito de usar no cabelo
Rebeka Albuquerque adotou as bandanas este ano: ela gosta muito de usar no cabelo (foto: Arquivo pessoal)

Rebeka Albuquerque, 21 anos, diz que começou a usar o acessório este ano e que, agora, faz parte de muitos dos seus looks. “Eu uso as bandanas de várias formas, no cabelo, no pescoço, e incrementa muito o visual. A forma que mais gosto e costumo usar é no cabelo”, conta.

Ela acredita que o sucesso do acessório tenha acontecido por as famosas estarem utilizando muito. “Assim, acaba influenciando as outras pessoas.” Como as bandanas passaram a fazem parte do seu estilo, Rebeka gosta de ousar com elas. “Uso para segurar o coque. Como cinto também, basta dobrar na diagonal e passar em volta do jeans. Pode ter certeza que é um arraso. Sem contar que ela também pode se transformar em um cropped e fica superlinda”, recomenda.

Já a influenciadora digital Larissa Oliveira, 21, adotou as bandanas aos 12 anos de idade. Ela conta que na época que começou a utilizar estava em uma fase mais roqueira. “Hoje, para mim, a bandana é um dos acessórios que mais combinam e compõem o meu estilo. Fazem parte de uma forma mais estilosa e ‘dark’, porque gosto muito do estilo dramático urbano.”

Ela recomenda usar e abusar do acessório, mas sempre mantendo a combinação com os looks e com o próprio estilo. Larissa também aconselha fazer variações na forma de usar, como no cabelo, nas roupas, braços e pulso. “Não perca a oportunidade de estar na moda e arrasar no look com uma bandana.”

Formas comuns de utilizar a bandana

Nos cabelos, em forma de triângulo ou dobradas ou para arrematar penteados.
No pescoço, em forma de triângulo ou dobradinha, amarrada como um lenço.
No pulso, amarrada e utilizada como um bracelete.
Na bolsa, amarrada na alça para modificar o acessório.

Modelos mais famosos

As mais populares são as estampadas com fundo preto e vermelho. E com a estampa Paisley.
Também tem as clarinhas com estampa delicada, que podem passar um ar mais romântico.
Já as escuras dão um ar dramático para as composições.
Existe também uma preferência pelos tecidos como a viscose e a seda.
E, por fim, as bandanas de cores vivas e com estampas divertidas têm um ar mais criativo.
“Mas aqui o estilo conta muito também. Como existem diversas cores e estampas, a escolha vai depender das preferências de quem a usa”, alerta Rafaelli.

*Estagiária sob a supervisão de Sibele Negromonte

 

  • Rebeka Albuquerque adotou as bandanas este ano: ela gosta muito de usar no cabelo
    Rebeka Albuquerque adotou as bandanas este ano: ela gosta muito de usar no cabelo Foto: Arquivo pessoal
  • Camilla de Lucas, Pocah e Carla Diaz são algumas das participantes que mais utilizaram os acessórios dentro da casa do BBB
    Camilla de Lucas, Pocah e Carla Diaz são algumas das participantes que mais utilizaram os acessórios dentro da casa do BBB Foto: Reprodução/ Globoplay
Os comentários não representam a opinião do jornal e são de responsabilidade do autor. As mensagens estão sujeitas a moderação prévia antes da publicação

CONTINUE LENDO SOBRE