Encontro com o Chef

Muito além do bolo caseiro: confeiteiro faz produto único e artesanal

Depois de perder o emprego, brasiliense decide investir na produção de bolos artesanais e com uma pegada gourmet. E, mesmo sem nunca ter entrado em uma cozinha profissional antes, transforma-se em um confeiteiro de mão cheia

Por Sibele Negromonte
postado em 14/11/2021 08:00 / atualizado em 16/11/2021 17:31
 (crédito: Arquivo pessoal)
(crédito: Arquivo pessoal)

Quando se viu desempregado, depois de 19 anos atuando no setor hoteleiro, Ronaldo de Oliveira ficou sem chão. Com contas para pagar, precisava encontrar, urgentemente, outra ocupação. Foi quando viu uma faixa, próxima à sua casa, anunciando a venda de bolos caseiros. O brasiliense, que, até então, nunca tinha preparado uma receita, achou a ideia interessante e decidiu pesquisar sobre o mercado.

Viu que poderia, sim, fazer e comercializar bolos, mas não qualquer bolo. "Se era para entrar nesse mercado, precisava encontrar um diferencial. Não queria preparar o 'bolo da vovó', queria dar ao meu produto uma pegada gourmet", recorda-se. Para isso, precisava estudar. A experiência administrativa ele até tinha, mas faltava colocar, literalmente, a mão na massa.

Passou a usar a internet a seu favor. Fez curso com a renomada confeiteira Joyce Galvão, de São Paulo, e outros on-line, inclusive internacionais. Conheceu um confeiteiro francês, com quem passou a trocar informações. Aos poucos, começou a dar identidade a seus bolos. Foram muitos testes e estudos até surgir a Raro Sabor, dois anos depois. Ronaldo viu, então, que estava preparado para encarar uma nova profissão.

O diferencial do seu produto, garante, além dos ingredientes de excelente qualidade, está nas receitas únicas. "Enquanto nos bolos caseiros comumente comercializados, a massa costuma ser única para todos os sabores, mudando apenas a essência deles, na Raro Sabor, cada bolo tem uma massa específica. Hoje, tenho cerca de 70 tipos de bolo em meu cardápio e cada um deles tem a própria massa. Tudo é feito de forma artesanal", detalha.

A produção de Ronaldo começou na cozinha de casa. Ele comprou uma batedeira de mão e investiu em outro um diferencial: a compra de variados tipos de bundt — forma que tem a forma anelar. "Para cada bolo meu, há um modelo específico. Queria investir não só no sabor, mas, também, no visual", explica. Com a marca — e sua identidade — criada, o brasiliense começou a divulgar seus bolos pelas redes sociais.

Mas a grande virada ocorreu mesmo quando Ronaldo participou de uma feira, há seis anos, no Centro de Convenções. "Aluguei uma geladeira e uma máquina de café e fui com a cara e a coragem." Foi um sucesso. A aprovação dos bolos logo se transformou em mais clientes, conquistados no boca a boca. "É esse feedback que realmente importa. Alguns dos meus bolos, eu nunca sequer provei, vou criando pela intuição e sempre mando para alguns clientes provarem e aprovarem." Só depois dessa aprovação, o bolo entra no cardápio.

Sabores raros

E quando fala em intuição, Ronaldo se refere às misturas de sabores que estão sempre presentes em seus bolos, com atenção especial às especiarias. Banana com cardamomo e noz pecã; laranja com amaretto e água de flor de laranjeira; maçã com noz pecã, uva-passa e especiarias; mexerica com calda e licor Grand Manier; beterraba com cobertura de semente de papoula; gengibre com espumante são algumas das combinações pensadas pelo confeiteiro. "No meu bolo mármore, por exemplo, uso licor de amêndoas." Os carros-chefe, de limão siciliano e banana, vêm em diversas variações. Há ainda opções veganas e sem glúten.

Ronaldo também oferece uma linha de bolos de festa, formada por receitas clássicas, mas, claro, com um toque especial do confeiteiro. Tem red velvet, carrot cake, 100% chocolate, naked cake... só para citar alguns. Esses são os produtos preferidos para festas de casamento, por exemplo — segmento em que a Raro Sabor tem entrado fortemente. Mas o brasiliense vai logo avisando que não trabalha com pasta americana. "Ela é linda, mas muito doce. É comum você ver nas festas as pessoas comerem só o recheio e deixarem o açúcar. O nosso bolo é completamente consumido, do início ao fim", orgulha-se.

O sabor diferenciado vem também da qualidade dos ingredientes. Ronaldo garante que só usa farinha 00 — italiana e mais refinada e pura —, especiarias importadas da Índia e manteiga francesa. "Isso faz toda a diferença", garante.

Hoje, além de ter um ateliê próprio, na Asa Norte, a Raro Sabor já esteve presente em alguns estados. Todos os anos, Ronaldo passa quatro dias em Belo Horizonte, participando de um workshop. Também já produziu seus bolos em São Paulo e no Rio de Janeiro. Por aqui, as vendas são feitas sob encomenda com, pelo menos, 24 horas de antecedência. "Minha produção é diária e superfresca", garante. Para o futuro, planeja a abertura de um bistrô — uma espécie de vitrine, onde o cliente pode saborear uma fatia de bolo com um café e levar para casa o sabor que mais gostou.

Ronaldo conta que sempre é questionado sobre "onde estava escondido este dom para a confeitaria". "Costumo dizer que fazer uma receita por fazer todo mundo faz. Mas tem que ter paixão, amor. Em cada bolo que preparo, eu me entrego." Muito bem respondido!

Bundt de Gengibre

Bolo de gengibre da Raro Sabor
Bolo de gengibre da Raro Sabor (foto: Arquivo pessoal)

Ingredientes
370g de farinha de trigo
1/2 colher de chá de bicarbonato de sódio
1/2 colher de chá de fermento em pó
1/2 colher de chá de sal
1 e 1/4 colher de chá de gengibre moído na hora
1/4 colher de chá de todas as especiarias
1 colher de chá de canela
1/4 colher de chá de noz-moscada ralada na hora
240g de ovos
230g de açúcar mascavo
200g de manteiga sem sal em temperatura ambiente
200ml de buttermilk
100ml de melaço

Cobertura
230g de açúcar de confeiteiro
3 colheres de chá xarope de bordo
6 colheres de chá de leite

Modo de preparar
Em uma tigela, misture todos os ingredientes secos e separe.
Na batedeira, junte o açúcar, a manteiga, o melaço e o buttermilk. Bata por 5 minutos e acrescente os ovos batidos. Fora da batedeira, acrescente a mistura seca e mexa com uma espátula até obter uma massa homogênea. Asse em forno preaquecido a 180°C.

Tempo de preparo 20min
Tempo de forno 40 a 50min

Serviço
Instagram: @rarosabor
WhatsApp: 9 9986-1828

 

  • Ronaldo de Oliveira, confeiteiro à frente da Raro Sabor
    Ronaldo de Oliveira, confeiteiro à frente da Raro Sabor Foto: Arquivo pessoal
  • Receita de bolo de gengibre, da Raro Sabor
    Receita de bolo de gengibre, da Raro Sabor Foto: Arquivo pessoal
  • Bolo de gengibre da Raro Sabor
    Bolo de gengibre da Raro Sabor Foto: Arquivo pessoal
Os comentários não representam a opinião do jornal e são de responsabilidade do autor. As mensagens estão sujeitas a moderação prévia antes da publicação

CONTINUE LENDO SOBRE