TV+

O imprevisível fim

Ozark apresenta na próxima sexta-feira a segunda metade da quarta e última temporada, pondo fim à rede criminosa de Marty e Wendy Byrde

Por Pedro Ibarra
postado em 24/04/2022 00:01
 (crédito: Netflix/Divulgação)
(crédito: Netflix/Divulgação)

Uma das séries mais indicadas e relevantes da história da Netflix tem o fim marcado para esta semana. Ozark terá a segunda metade da última temporada lançada na próxima sexta. Em sete episódios, o seriado tenta responder as pontas soltas deixadas no final da primeira leva de episódios, que estreou em janeiro deste ano.

A principal das dúvidas do público é o que significa o capotamento visto na primeira cena da temporada, em que toda a família Byrde acaba envolvida em um grave acidente de carro que pode significar o fim de tudo. Teria sido encomendado ou uma coincidência? O que esse problema vai desencadear no restante da temporada que vem a seguir? Essas duas perguntas podem ser cruciais para o fim da mentira criada pelos Byrdes durante os quatro anos que tiveram episódios inéditos lançados.

O que se sabe até agora é que a situação fica cada vez mais complicada enquanto Javi, personagem de Alfonso Herrera, estiver no domínio do cartel. A instabilidade e a impulsividade do agora antagonista da história coloca toda a operação em risco, e o rastro de sangue que ele vem deixando desde que chegou ao lago dos Ozarks pode botar toda a operação de Marty (Jason Bateman) a perder.

A família também precisa se entender, já que cada um está em busca dos próprios interesses. Marty só quer se ver livre de tudo o que começou; a esposa Wendy (Laura Linney) quer usar do poder, dinheiro e influência que conquistaram para apagar o passado criminoso da família; a filha Charlotte (Sofia Hublitz) pretende herdar o papel da mãe e ser mais atuante na vida dupla que vivem; e o filho Jonah (Skylar Gaertner) tem o objetivo de fazer carreira lavando dinheiro como o pai. A situação está insustentável e, para que saiam dessa, é preciso que haja um acordo entre as partes.

A série ainda carrega tensão e mistério e precisa recuperar fôlego, já que a primeira metade da quarta temporada sofreu com criticismo quase que inédito desde o lançamento do primeiro ano, lá em 2017. O trabalho é para um final à altura do que foi a série, talvez a melhor original Netflix já lançada.

Sendo o final condizente ou não, é inegável que Ozark já entrou para história com padrão de alto nível em atuações, questões técnicas e estéticas, direção e, principalmente, roteiro. E dessas qualidades todas, fica uma expectativa, de que Ozark diga adeus levantando o público da cadeira uma última vez.

Para você que não conhece

Ainda há tempo para uma maratona antes da estreia dos últimos capítulos, então o Correio deixa uma sinopse rápida para quem ainda não assistiu.

Ozark conta história de Marty Byrde, que precisa levar toda família para o lago dos Ozarks após um companheiro de trabalho roubar de um cartel mexicano, o qual Marty era responsável pela lavagem de dinheiro. Ele, então, envolve toda família em um esquema criminoso e de mentiras, que vai da lavagem de dinheiro ao tráfico de opióides, isso tudo no pequeno condado às margens do rio Mississipi.

Tags

Os comentários não representam a opinião do jornal e são de responsabilidade do autor. As mensagens estão sujeitas a moderação prévia antes da publicação

CONTINUE LENDO SOBRE