Crônica

Crie seu futuro

Por Maria Paula
postado em 08/05/2022 00:01
 (crédito: maurenilson freire)
(crédito: maurenilson freire)

Lala Deheinzelin vai estar em Brasília oferecendo um curso incrível na Unipaz no próximo fim de semana. Ela é uma das mulheres que mais admiro e, quando tive contato com suas ideias geniais, tornou-se imediatamente uma bussola em minha vida.

Desde os primeiros futuristas (Fred Polak, The images of the Future, 1961), sabe-se que civilizações que florescem têm visões de futuro positivas. Visões de futuro negativas, distópicas, são um sintoma de declínio.

Inspirada por isso e por sua longa prática em processos de inovação para Organização das Nações Unidas (ONU), governos e empresas, essa pioneira futurista criou o movimento Crie Futuros, que graças a um prêmio internacional se expandiu para vários países, originou livro e estudos.

A chave de Crie Futuros é que, como ela costuma dizer: "O futuro é fruto dos sonhos do passado e escolhas do presente".

Neste momento da história, isso é mais verdadeiro do que nunca, pois estamos vivendo a maior transição da história da humanidade. Isso mesmo, as experiências nunca foram tão intensas, tudo o que fazemos está potencializado pela internet com sua natureza exponencial. Ou seja, o que antes levava séculos para acontecer e tinha um alcance local hoje acontece em anos com alcance planetário.

Em sua coluna da Época Negócios, Lala aborda conteúdos que ajudam a termos também visão de futurista! A isso se soma, agora, outra ferramenta para gestores, profissionais liberais, empreendedores e todos os que trabalham com pessoas: O Caminho do Herói Futurista — curso que ela vai dar em breve por aqui! Uma pesquisa de décadas que combina todos os ingredientes necessários para dar conta dessa transição e aproveitar suas oportunidades.

Nossas escolhas do presente definem o futuro. Mas quanto estamos preparados para melhores escolhas? Neste curso, ela vai mostrar que nosso cérebro tem três partes e cada uma escolhe de um jeito: nossa parte mais animal escolhe a partir do medo, desejo de segurança. Ela é reativa, não tem capacidade de criar.

Já a parte do cérebro mais ligada à criação (que só existe em humanos) é uma bênção, por um lado, e um problema, por outro, pois, junto com a projeção de futuro, vem a ansiedade...

Herói é quem desenvolve a maestria desses três aspectos do cérebro, que têm correspondência com três tipos de futuro. Avançamos do futuro provável para o desejável e chegamos ao desejável e possível.

Evolução e aprendizados acontecem melhor pela experiência, especialmente se é prazerosa e em grupo. Por isso, Lala desenhou imersões que equilibram o lúdico e o prático com conteúdos e ferramentas.

Quero fazer o convite ao leitor amigo, pois de 12 a 15 de maio, em meio às muitas belezas da Unipaz de Brasília, vai rolar essa oportunidade rara de mergulhar na expertise da Lala! Aproveitem, pois ela é celebrada como uma das top quatro futuristas da América Latina e uma das 100 mulheres do mundo que estão criando um futuro colaborativo.

Para compreender mais a relação caminho do herói/ futuros/ comportamento, veja o primeiro link da aula especial. Para saber sobre a imersão intensiva, de 13 a 15 de maio, em Brasília e para maiores informações: https://linktr.ee/laladeheinzelin

Ótima oportunidade de aprender a usar a potência da mudança a seu favor. Surfar a transição ou surtar com a transição? A escolha é sua!

Bora aprender a criar futuros e fazer melhores escolhas!

Tags

Os comentários não representam a opinião do jornal e são de responsabilidade do autor. As mensagens estão sujeitas a moderação prévia antes da publicação

CONTINUE LENDO SOBRE