Reestilização

Mudança interior

Novo Jeep Compass é apresentado na China com foco no conforto do motorista e dos passageiros

Correio Braziliense
postado em 25/11/2020 22:07
 (crédito: Jeep/Divulgação)
(crédito: Jeep/Divulgação)

Quem vê cara, não vê coração. O ditado se encaixa perfeitamente ao novo Jeep Compass. O modelo reestilizado foi apresentado na China com pequenas alterações estéticas.

Os mais distraídos, com certeza, nem notaram que o Compass mudou. As atualizações exteriores estão concentradas na dianteira. Os faróis foram levemente redesenhados, assim como a grade e a entrada de ar do parachoque.

E é isso. Mexer em time que está ganhando (e vendendo bem) é complicado mesmo, vide o Renegade, quase intocável até hoje. Por falar nisso, a traseira do Compass é exatamente a mesma.

Renovação necessária
Se a parte de fora não gerou impacto, no interior, a história é outra. A única semelhança com o modelo anterior é a manopla do câmbio. De resto, tudo diferente, incluindo o volante com detalhes prateados

O painel de instrumentos poderá ser completamente digital, de acordo com a versão. Outra bela novidade é a central multimídia, agora, com uma tela flutuante de 10,1 polegadas.

Logo abaixo estão as novas saídas e os controles do ar-condicionado, além do inédito carregador para smartphones sem fio.

Previsto para estrear em meados de 2021, no Brasil, o novo Jeep Compass chegará com motor 1.3 turbo de até 180cv e câmbio automático do tipo CVT. Aí, sim, a gama ficará mais completa. Afinal, o propulsor turbodiesel deve ser mantido. Os preços, no entanto, ainda são um mistério. E nem adianta perguntar para a marca. Afinal, fizemos isso várias vezes). :(

Tags

Os comentários não representam a opinião do jornal e são de responsabilidade do autor. As mensagens estão sujeitas a moderação prévia antes da publicação

CONTINUE LENDO SOBRE