Lançamento

Longa estrada

Com chegada prevista ao Brasil para 2022, Peugeot Landtrek aposta na tecnologia e no design para ganhar mercado. Será?

Correio Braziliense
postado em 25/11/2020 22:33
 (crédito: Peugeot/Divulgação)
(crédito: Peugeot/Divulgação)

O segmento de picapes médias no Brasil terá uma nova opção a partir de 2022. Trata-se da Peugeot Landtrek, apresentada em uma live da marca francesa nesta semana. Com capacidade de carga de 1 tonelada, o modelo chegará, primeiramente, em outros mercados da América Latina.

Pela apresentação, a ideia da Peugeot é que a Landtrek seja uma sucessora espiritual da antiga picape 504, que vendeu mais de 375.000 unidades em todos os continentes.

Voltando à novata, a Landtrek foi testada, por mais de 2 milhões de quilômetros, nas condições mais extremas dos países em que será vendida, inclusive por aqui. Para comprovar ainda mais robustez do modelo, a Peugeot promoverá uma expedição chamada Conectando as Américas.

Serão 26.000 quilômetros a serem percorridos durante 50 dias. A expedição começará em Los Cabos, no México, e terá como destino a cidade de Ushuaia, a Terra do Fogo, na Argentina.

Fruto de uma parceira da Peugeot com a Changan, fabricante chinesa, a Landtrek poderá receber duas opções de motorização. Uma 2.4 turbo, a gasolina, de 210cv e 32,6kgfm e outra 1.9, turbodiesel, de 150cv e 35,7kgfm.

O câmbio será manual ou automático, sempre de seis marchas. A picape poderá sair de fábrica, ainda, com tração 4x2 ou 4x4.

A Landtrek é um pouco diferente dos outros modelos da Peugeot. Seu design tem personalidade, com a grade dianteira rodeada de acabamentos cromados roubando a cena.

Os faróis poderão ser de LED nas versões mais caras — com um desenho bastante semelhante ao da Toyota Hilux. Já as rodas são de 17 ou 18 polegadas (de acordo com a versão).

O modelo, para completar, vem com estribo lateral, de série, nas configurações topo de linha. Na traseira, o design é mais genérico e direto ao ponto.

Por dentro, nada de i-cockpit, como nos outros modelos da marca. A Landtrek adotará um layout mais conservador, assim como o de algumas concorrentes. O painel de instrumentos tem visor digital colorido de 4,2 polegadas.

A central multimídia destaca-se com uma tela de 10 polegadas compatível com Apple CarPlay e Android Auto, além de sistema de navegação integrado.

Falando sobre segurança, tecnologia e conforto, a picape tem ar-condicionado automático, sensores de estacionamento dianteiro e traseiro, bancos revestidos em couro, seis airbags, câmera de 180º e acesso sem chave (Keyless).

A Peugeot não confirmou valores e equipamentos para o Brasil. A marca disse, apenas, que esses temas serão revelados quando o modelo for lançado, oficialmente, em nosso mercado. Uma coisa é certa: vida fácil a Landtrek não terá por aqui.

Tags

Os comentários não representam a opinião do jornal e são de responsabilidade do autor. As mensagens estão sujeitas a moderação prévia antes da publicação

CONTINUE LENDO SOBRE