lançamento

Um SUV-cupê a caminho das pistas

Nova geração do veículo faz sua estreia no Japão em março, mas só chega ao Brasil em meados de 2022. Confira tudo o que sabemos sobre o utilitário-esportivo que tem engenharia desenvolvida em quatro países

PEDRO CERQUEIRA
postado em 17/02/2021 21:37

Previsto para chegar ao mercado brasileiro só em 2022, imagens de patente da nova geração do Honda HR-V estão circulando pelas redes. Os esboços confirmam o que será sua principal característica de design, o visual de SUV-cupê, que fica mais evidente na imagem revelando a lateral do veículo.

Apesar deste tipo de imagem sem cores não valorizar muito as linhas e ângulos do modelo, é possível perceber que o capô do novo HR-V tem vincos bem marcados. Seu encontro com o painel dianteiro sugere um corte abrupto, com um ângulo de quase 90 graus. Alguns elementos, como grades e para-choque, são horizontalizados, o que alarga a dianteira e reforça a impressão de força do utilitário-esportivo.

Os faróis afilados invadem a laterais e têm as luzes de rodagem diurna integradas. Na imagem, é possível ver que eles são unidos por um elemento junto à grade. Nas laterais, as caixas de roda trazem vincos, mas não são volumosas. A linha de cintura é alta, e as maçanetas traseiras continuam camufladas perto da coluna C.

Esportividade

Também de perfil, alguns componentes reforçam a esportividade do visual cupê, com a antena tipo barbatana de tubarão e o spoiler de teto, acompanhado de um complemento aerodinâmico nas laterais do vidro traseiro. As lanternas horizontais são de LED e alcançam as laterais. Um elemento contendo a logomarca da Honda ao centro faz a ligação entre as unidades traseiras de iluminação. A placa continua alojada na tampa do porta-malas.

O modelo já foi flagrado camuflado em testes no Japão, onde se chama Vezel. Essas imagens que circularam em redes sociais daquele país sugerem que o novo Honda HR-V deve ganhar em dimensões. O site Best Cars crava as dimensões da nova geração do SUV com 4,40 metros de comprimento (7 centímetros a mais que a atual), 1,79m de largura (mais 2cm) e 1,59m de altura (menos 6cm).

Já a distância entre-eixos continuará tendo 2,61 metros, sugerindo que não haverá ganho significativo de espaço interno e nem de porta-malas, que hoje conta com volume de 393 litros. Como estas medidas estão em uma zona de transição, fica difícil classificar se o novo HR-V será um SUV compacto ou um SUV médio. Provavelmente o preço do modelo vai tirar todas as dúvidas. Ainda não existem informações ou imagens sobre o interior do modelo.

Câmbio

Sob o capô, a expectativa é que o manso motor 1.8 flex (com até 140cv de potência) seja aposentado, para a entrada do propulsor 1.5 turbo que, atualmente, equipa apenas a versão de topo do HR-V. Porém, esse motor agora será flex. É que, segundo informação publicada pelo site Autos Segredos, essa mesma unidade de força deve equipar a nova geração do Honda City (hatch e sedã), mas em versão flex e aspirada. Isso vai facilitar e baratear a aplicação do motor 1.5 turbo no novo HR-V, além de render mais alguns cavalos de potência que os 173 atuais nessa conversão para o mundo flex. O câmbio continuará sendo automático tipo CVT.
O lançamento mundial do novo Honda HR-V será feito no Japão em março, quando várias dúvidas serão elucidadas. A estreia do modelo foi atrasada por causa da pandemia do novo coronavírus. Identificado como Projeto NES junto aos fornecedores, o veículo vem sendo desenvolvido em parceria entre as equipes de engenharia dos Estados Unidos, do Japão, da China e do Brasil.

 

 

 

 

Tags

Os comentários não representam a opinião do jornal e são de responsabilidade do autor. As mensagens estão sujeitas a moderação prévia antes da publicação

CONTINUE LENDO SOBRE