SIGA O
Correio Braziliense

publicidade

Tiroteio em boate deixa dois mortos em Juiz de Fora

Segundo a PM, testemunhas disseram que a confusão começou no banheiro e se espalhou pela casa. Uma das vítimas é menor de idade

INFORMAÇÕES PESSOAIS:

RECOMENDAR PARA:

- AMIGO + AMIGOS
Preencha todos os campos.

postado em 12/11/2016 13:16

Dois jovens morreram, na madrugada deste sábado, durante um tiroteio dentro de uma boate no Bairro Mariano Procópio, em Juiz de Fora, na Zona da Mata. As vítimas tinham 17 e 22 anos. Outras duas pessoas foram atingidas. Os autores do crime fugiram e não foram localizados.

De acordo com a Polícia Militar (PM) da cidade, testemunhas disseram que a briga começou no banheiro masculino, espalhando-se pelo restante da casa de shows. A PM foi acionada e a denúncia informava que teriam ocorrido disparos no local.

Leia mais notícias em Brasil

Os nomes das vítimas não foram divulgados. Chegando à boate, a PM encontrou uma delas do lado de fora sendo levada para o Hospital de Pronto-Socorro, uma segunda deitada na calçada, já sem sinais vitais, e uma terceira caída dentro do estabelecimento.

O Serviço de Atendimento Móvel de Urgência (Samu) confirmou a morte do rapaz que estava na calçada. Ele foi atingido por quatro tiros nas costas. O adolescente de 17 anos que morreu também levou um tiro nas costas. De acordo com a PM, a perícia encontrou uma bucha de maconha e um papelote de cocaína no bolso da bermuda dele.

Os sobreviventes têm 21 e 22 anos. O primeiro foi atingido no braço direito, tórax e nas costas. O último foi atingido no braço esquerdo e, de acordo com a polícia, compareceu ao hospital horas depois do crime por conta própria, dizendo ter sido baleado lá.

Ainda de acordo com a Polícia Militar, clientes disseram que os autores do crime são do Bairro Jardim Natal e teriam fugido em uma moto e em um Fox preto que estava parado em uma rua próxima. A polícia também informou que nenhuma cápsula de munição foi encontrada no local e arredores. A motivação do crime ainda é desconhecida.

O em.com.br tentou entrar em contato com a casa de shows, mas as ligações não foram atendidas.
Comentários Os comentários não representam a opinião do jornal;
a responsabilidade é do autor da mensagem.