SIGA O
Correio Braziliense

publicidade

Seis sobreviventes na queda de avião da Chapecoense; quatro são jogadores

Helio Neto, Marcos Danilo Padilha, Jackson Follma e Alan Ruschel estão entre os sobreviventes

INFORMAÇÕES PESSOAIS:

RECOMENDAR PARA:

- AMIGO + AMIGOS
Preencha todos os campos.

postado em 29/11/2016 08:11 / atualizado em 29/11/2016 09:52

Nelson Almeida/AFP


Seis pessoas sobreviveram ao acidente de avião que levava os jogadores da Chapecoense a Medellín. Quatro delas são jogadores do time de futebol: o goleiro Marcos Danilo Padilha, 31 anos; o goleiro reserva Jackson Follmann, 24; e o lateral Alan Ruschel, 27, foram os primeiros a serem confirmados. Depois, chegou a notícia de que o zagueiro Helio Neto também foi levado com vida ao horspital.


Outra sobrevivente é uma comissária de bordo, identificada como Ximena Suárez. O sexto resgatado com vida é o jornalista brasileiro Rafael Henzel Valmorbida. Um sétimo passageiro chegou a ser encaminhado com vida a um hospital da região, mas não resistiu aos ferimentos.

Queda de avião

A equipe de futebol disputaria, amanhã, a final da Copa Sulamericana contra o Atlético Nacional. Havia 81 pessoas a bordo, sendo 72 passageiros e nove tripulantes.

 

Segundo a administração do aeroporto, a aerononave caiu em uma região montanhosa de difícil acesso, mas as equipes de resgate já chegaram ao local. "É uma tragédia de grandes proporções", confirmou o prefeito da cidade, Federico Gutierrez, em entrevista a uma rádio local.
Entre as vítimas havia também jornalistas que cobririam o jogo.

 

O voo, da companhia Lamia, partiu de Santa Cruz de La Sierra, na Bolívia, em direção a Medellín, mas se acidentou pouco antes de chegar ao destino, nas redondezas da cidade de La Union.

publicidade

Comentários Os comentários não representam a opinião do jornal;
a responsabilidade é do autor da mensagem.

publicidade