Bombeiros fazem simulação da chegada de corpos de vítimas de tragédia aérea

Pela manhã, equipes de cerimonial estudavam o melhor posicionamento para as famílias e a instalação de tablados para os caixões

INFORMAÇÕES PESSOAIS:

RECOMENDAR PARA:

- AMIGO + AMIGOS
Preencha todos os campos.

postado em 30/11/2016 13:50 / atualizado em 30/11/2016 14:23

Chapecó (SC) — O Corpo de Bombeiros decidiu fazer uma simulação da chegada dos corpos do acidente aéreo na tarde desta terça-feira. A Chapecoense decidiu que o velório será no gramado da Arena Condá. As equipes de segurança trabalham com a hipótese de que os torcedores poderão prestar a última homenagem aos jogadores na sexta-feira ou no máximo no sábado.
 
 

No início da tarde desta terça, viaturas do Corpo de Bombeiros começavam a chegar ao estádio. Depois da simulação, haverá uma entrevista coletiva com autoridades de Chapecó e de Santa Catarina para detalhar como será o velório. Pela manhã, equipes de cerimonial estudavam o melhor posicionamento para as famílias e a instalação de tablados para os caixões.

Na noite desta quarta, está marcada uma vigília às 21h45, no horário em que seria disputada a partida de ida da final da Copa Sul-Americana contra o Atlético Nacional, em Medellín. Os torcedores do clube colombiano farão o mesmo no Estádio Atanasio Girardot.

Em Chapecó, os organizadores da vigília convidam os torcedores para irem ao estádio vestidos de verde e levarem velas. Está prevista a realização de uma missa.

Comentários Os comentários não representam a opinião do jornal;
a responsabilidade é do autor da mensagem.