PRF reduz patrulhamento em rodovias por falta de verba

Entre as medidas adotadas, está a suspensão do serviço de resgate aéreo em rodovias federais

INFORMAÇÕES PESSOAIS:

RECOMENDAR PARA:

- AMIGO + AMIGOS
Preencha todos os campos.

postado em 05/07/2017 11:00 / atualizado em 05/07/2017 11:42

PRF/Reprodução
A Polícia Rodoviária Federal (PRF) anunciou nesta quarta-feira (05) a redução em diversos serviços por conta do contingenciamento de gastos. Entre os serviços que serão reduzidos, estão o patrulhamento em estradas federais e o resgate aéreo. O orçamento menor estaria prejudicando o abastecimento de viaturas e as manutenções realizadas nos veículos.

A prioridade será o atendimento a acidentes com vítimas, além da fiscalização de atos ilícitos. Além da redução no número de rondas e de viaturas nas vias, a PRF também vai diminuir o atendimento ao público nos postos da instituição. O horário de atendimento será de 9 horas às 13 na maioria das unidades adminsitrativas. Algumas Os helicópteros da PRF serão afetados pelo corte e não devem decolar para atender envolvidos em acidentes graves.

O comunicado afirma que as medidas são temporárias, para se "adequar a nova realidade orçamentária". No entanto, não foi informado um prazo para que o atendimento normal seja retomado. 

Confira as medidas adotadas: 

- Suspensão, a partir do quinta-feira (6/7), dos serviços de escolta de cargas superdimensionadas e escoltas em rodovias federais;

- Desativação de unidades operacionais Suspensão imediata das atividades aéreas (policiamento e resgate aéreo) 

 - Redução imediata dos deslocamentos terrestres de viaturas em patrulhamento;

- Alteração do horário de funcionamento das unidades administrativas, com priorização de atendimento ao público entre 9h e 13h;
Comentários Os comentários não representam a opinião do jornal;
a responsabilidade é do autor da mensagem.