Secretaria de Defesa Agropecuária faz 40 anos e ministro defende mudanças

Segundo o ministro, uma consultoria independente foi contratada para formatar essas mudanças de modo para acompanhar com mais eficiência o setor agropecuário

INFORMAÇÕES PESSOAIS:

RECOMENDAR PARA:

- AMIGO + AMIGOS
Preencha todos os campos.

postado em 28/11/2017 17:58

Ao participar da celebração dos 40 anos da Secretaria de Defesa Agropecuária (SDA), do Ministério da Agricultura, Pecuária e Abastecimento, o ministro Blairo Maggi defendeu mudanças estruturais para melhor acompanhamento do processo de fiscalização.

“Nos últimos 40 anos, o Brasil avançou muito na agricultura e na pecuária”, disse Blairo. ”Passamos de grandes importadores para grandes players no mundo do agronegócio e, por isso, as mudanças são necessárias”.

Segundo o ministro, uma consultoria independente foi contratada para formatar essas mudanças de modo para acompanhar com mais eficiência o setor agropecuário. Lembrando a importância do papel da secretaria para garantir a sanidade dos alimentos e a importância do trabalho dos fiscais, ele que não haverá “perda de poder”, nem redução do controle do Estado nos trabalhos já desenvolvidos.
 

Segundo Blairo, a principal mudança a ser implementada será a verticalização do processo e consequente eliminação de influência política. Ele reconheceu que "sempre haverá a reclamação de influência politica no processo decisório por parte dos nossos compradores mundiais", mas disse que, com o sistema que está sendo proposto, "elimina-se essa possibilidade”.

Na solenidade do aniversário da secretaria, 18 servidores e ex-servidores foram homenageados por terem se destacado em suas atividades ao longo dos últimos 40 anos, Também foi apresentado ao ministro o serviço de cães farejadores do ministério, que atuam em aeroportos brasileiros em apoio ao trabalho de fiscalização.

A secretaria atua na formulação de políticas públicas voltadas para a garantia da sanidade vegetal e animal, a inocuidade dos insumos e a credibilidade dos serviços utilizados na agropecuária.
Comentários Os comentários não representam a opinião do jornal;
a responsabilidade é do autor da mensagem.