Publicidade

Estado de Minas

Família passa ano novo dentro de ônibus para acompanhar pai cobrador

A manicure Cristiane Oliveira decidiu fazer uma festa diferente para a família: juntou os filhos, embalou toda a ceia e foi virar ano rodando pela capital junto à família


postado em 04/01/2018 08:21

Em poucos dias, o relato foi compartilhado mais de 2 mil vezes e recebeu centenas de comentários na rede social, em sua maioria, parabenizando pela iniciativa(foto: Reprodução/Facebook)
Em poucos dias, o relato foi compartilhado mais de 2 mil vezes e recebeu centenas de comentários na rede social, em sua maioria, parabenizando pela iniciativa (foto: Reprodução/Facebook)

Após o marido, um cobrador de ônibus do Rio de Janeiro, ser escalado para trabalhar na madrugada de ano novo, a manicure Cristiane Oliveira decidiu fazer uma festa diferente para a família: juntou os filhos, embalou toda a ceia e foi virar ano rodando pela capital junto à família. “E assim entramos em 2018. Primeiro uma oração e depois uma jantinha gostosa no ônibus. Já que marido estava de serviço, fomos romper o ano no ônibus com ele. Família é a base de tudo”, comentou a mulher em publicação no Facebook. 


Cristiane é casada com César há 25 anos e tem quatro filhos com o parceiro. Todos moram na cidade de Duque de Caxias. Ela lembra que só duas vezes neste quarto de século, “por motivo de força maior”, não conseguiu virar o ano com marido. “Não seria dessa vez que eu deixaria ele sozinho num ônibus sem a família se podíamos estar junto dele”, comentou a mulher em resposta a um dos comentários. Em poucos dias, o relato foi compartilhado mais de 2 mil vezes e recebeu centenas de comentários na rede social, em sua maioria, parabenizando pela iniciativa. “Fico feliz em saber que ainda existe famílias como a sua unida não importa como nem onde”, afirmou em comentário uma das internautas. Também pela rede social, Cristiane afirmou que não esperava esta reação do público após uma “simples postagem. “Comecei 2018 com 20 minutinhos de fama”, brincou a manicure.
 
 
Via Curiosamente 

Os comentários não representam a opinião do jornal e são de responsabilidade do autor. As mensagens estão sujeitas a moderação prévia antes da publicação

Publicidade